sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Cê me inspira pra eu te respirar s2


A coisinha mais fofa que faz eu ama-la com esse jeito que só essa coisa tem.
Quer sempre me fazer cosquinhas pra eu parar de chorar por coisas banais.
Tras sempre depois do almoço algum doce e quase sempre chocolate mesmo dizendo que to gordinha.
Ri de todas as minhas palhaçadas mesmo não tendo tanta graça assim.
Me segura, me ergue pra não cair, faz com que os meus dias não sejam, de fato, rotineiro e sim um especial a cada dia que passa. Pede sempre massagem e fingi estar sentindo alguma dorzinha pra ser paparicada, e sempre os consegue. Não dorme enquanto não colocamos as fofocas em dia de todas as baladas do final de semana.

Sou a sua outra versão completamente. Chego sempre indiferente, com as mesmas caras e mesmo sorrisos, sorrisos que a grande maioria é pra ela.
Me faz rir quando estou totalmente estressada e penso o que seria da minha vida sem ela. As divisões de roupas, bolsas, maquiagens e sapatos faz sermos cada dia mais unidas. A thata aqui chega ser mal agradecida de ter alguem tão boazinha comigo. Ela sabe me proteger, não sei como, tão pequena, ma sabe. Tenho medo de ficar longe dela algum dia, até pacto foi feito.
Ela ganha cada dia, a cada segundo o meu amor verdadeiro com esse jeitinho epecial de ser que só ela tem.