segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Retrospectiva 2007

Bom acho que escrever sobre o meu ano todo em 10 minutos é praticamente impossivel, pois tenho que fazer chapinha, as unhas, maquiagem, escolher a roupa e tudo que toda mulher precisa fazer para toda entrada de ano. Pois bem, vou ser direta.
2007 foi um ano que aprendi que realmente só nos da, o que podemos carregar, e por isso aprendi que tudo que passei neste ano foi de lição para ambas as partes que estava comigo neste ano. Sofri demais perdas de pessoas que pensei que seriam insubstituiveis, passei um bom tempo atormada com isso, mas percebi mesmo que eu era muito pra tudo isso. Vi pessoas que jamais pensei que estariam do meu lado nas horas dificies e ali estavam. Magoei pessoas que jamais pensei magoar, pessoas que pensei que nunca iriam me fazer sofrer, foi as que mais fizeram, coloquei pessoas na minha vida onde pensei jamais esquecer, e elas foram as mais faceis de serem esquecidas, pessoas com poucas afinidades hoje são parte da minha historia onde jamais me esquecerei.
Foi neste mesmo ano que descobri que todos aqueles amigos que pensei que iriam abandonar quando tive que largar a faculdade, estavam mais do que nunca ao meu lado. E pude mais do que nunca saber o quanto sou importante para alguma delas.
Neste ano, pude comprovar o quanto sou querida, tive um aniversario maravilhoso onde pessoas que me cercam, sao pessoas de bem, pessoas que me querem sempre bem. Claro que tomei muito na cara, confiei em algumas pessoas na qual hoje me arrependo bastante, mas foi com esses erros que hoje estou mais forte, mais madura e mais adulta para encarar algumas coisas da vida.
Perdemos entes queridos, perdemos muitas coisas que deixaram a familia abalada, mas com o amor que sentimos um pelo outro conseguimos dar a volta por cima e ver o quanto estamos melhores a cada ano que passa!
Vi bastantes shows do TM, onde me limpou a alma muitas vezes, e me fez ver certas coisas bem diferentes... bares, baladas, viagens....foram coisas que eu não esperava e aconteceram mais do que o normal...Conheci uma galera bem legal por onde eu passei, e por causa disso, o pagode está mais do que nunca dentro de mim...
São Paulo foi praticamente a minha segunda casa, durante esse ano. Foram cervejadas, risadas, choros, foundues no inverno, filmes com amigos, jogos na madruga, forrós em muitas sextas, reaproximações de pessoas distantes. Até as passes com o ex foi feita, e hoje levamos uma amizade normal, onde até lanche do Mc, ele me paga! rs
Vi algumas coisas que me deixaram indignada, mas nessas horas orei muito para Deus, abençoar essas pessoas pois era o que elas precisavam, de paz interior, e descanso!
Entramos para uma familia (que não é se sangue), mas é como se fosse, e até mais....Pois a sintonia é tão grande que eles fazem parte mais do que nunca da nossa vida, e do nosso cotidiano. Ganhei primos, priminhos, avos, tias, tio, uma familia realmente completa.
Micaretas, moby, typographia, XV, manus, torto, lucky, baladas em sampa, casa da bah, kika e noites e noites em claro, muito pagode e etc não seriam as mesmas coisas sem as pessoas que estiveram comigo!
Bom, resumindo, axo que tive um ano maravilhoso, ganhei amigos de longa distancia que a net (graças a Deus ela existe) nos fez juntar, ganhei amigos que conheço desde de piveta, mas agora que ganhamos mais afinidades, as amigas de antigamente se reaproximaram e as coisas ficaram melhores, chorei baldes, ri toneladas, sofri, mas fui muito feliz, fiquei estressada, mas fiz muitas palhaçadas, fui abraçada por muitos, odiada por alguns, invejada por outras, me desejaram de tudo!
Enfimm, hoje to aqui, as 20:45 de 31 de dezembro de 2007 esperando mais uma entrada de ano, com sonhos novos, com conquistas que irei com certeza realizar, com mais maturidade, com mais sabedoria, com mais carater, com mais historias para contar, com mais choros, mas muita risada, muitas viagens, muito trabalho, muita familia, muito amor, muito sucesso e muitaaaaaaaaa mas muitaaaaaaaaaaaa PAZ! Pois é o que peço sempre para todos que me cercam, perdão a quem fiz sofrir, perdão a quem magoei sem a intensão, perdão a todos que de certo modo machuquei, hoje sei que nada que fiz foi em vão, ou por querer, tudo foi porque tinha que acontecer. Mesmo porque tudo está escrito! =]]]]]

*tudo que a divindade superior nos dá é para o nosso bem... mesmo que as vezes tenhamos que sofrer!*

quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Isso sim....

....É AMOR DE VERDADE!



As vezes achamos que aquela dor de barriga que sentimos quando vemos um ex namorado, ou o carinha que estamos afim é amor, ou sentimos que aquilo é pra sempre! Não não!! Amor pra sempre é isso, é NATAL! Amor pra sempre é quando o seu irmão mais novo te irrita cantando funk, ou tentando jogar video game na melhor parte do filme, é quando você descobre algo dele e diz com aquela voz sarcastica: isso será usado contra você mesmo! rs É quando sua irmã te irrita de falar que você é insuportalvel, é quando vocês brigam por coisas idiotas mas não ficam se se falar menos de 30 minutos. É quando você trabalha com seu pai, brigam o dia todo, mas se amam loucamente. É quando sua mãe acorda aos berros logo pela manhã dizendo para não sair para trabalhar antes de arrumar o quarto mas mesmo assim diz: Vai com Deus!




Acho que isso pra mim é amor, é o quanto são importantes pra mim, é o quanto eu sofreria se vivesse sem um de vocês! Só de pensar meu coração dispara!! Tenho até medo de pensar o que seria da minha vida sem vocês quatro. É somente de vocês que preciso para crescer, para ser alguem da vida, para continuar sendo a pessoa que sou e espero ser quando crescer! ;)




Familia é isso, brigas, carinhos, discussões, choros, risadas, gritaria, silencio, respeito, invasão, fofocas, segredos... Vocês fazem da vida da leli a DIFERENÇA!


Bom, agora sobre o Natal é que não tenho foto da galera toda, mas foi bem divertido, amigo secreto, familia toda reunida, não é de sangue, mas é como se fosse! Essenciais já em nossas vidas! Não vivemos sem, primos, priminhos, tios e tias, vozinhas! Amamos muito vocês!!

"...uma vida sem amor, é uma vida sem sentido,
estarei feliz aonde for se VOCÊS estiverem comigo..."

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

s2

...faz o meu coração, MIL vezes mais feliz!*

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Um dia acontece...

...e as coisas simplesmente ficam bem. Do nada.Aquele monte de coisa que sua terapeuta falava e que você não entendia. (Até parece que existe esse lance de se amar, você pensava.) De repente faz tanto sentido quanto respirar. E aquele monte de coisas que a sua melhor amiga e mesmo a sua mãe falavam. De repente você não precisa mais ouvir, você sente. Um dia você não precisa acordar e fazer o mantra da beleza. Aliás, você nem perde tempo se olhando pra conferir se está ou não bonita. Você tem certeza. E você não precisa checar o e-mail pra descobrir se alguém lembrou de você. Você sabe. Você acorda se achando inesquecível. Simples. E justamente nesse dia seu e-mail bomba com dezenas de amigos, x-namorados e até primos distantes. E você fica linda com a primeira roupa que pega. E pensar que antes você só saía de casa depois de derrubar os armários em cima da cama. Até seu cabelo que teve infância, adolescência e vida adulta rebeldes resolveu estender a bandeira branca. E não é que as calças voltaram milagrosamente a servir? E você não escreve frases de auto-ajuda com caneta vermelha no seu caderno e circula. Você não precisa lembrar que vale a pena pensar positivo. Você já está pensando. Aliás, você pensa: como é que tanta gente ganha dinheiro com esses livros e palestras que só falam o óbvio? Um dia as coisas simplesmente ficam bem. E não foi por causa da terapia e nem por causa daquele passe espiritual. Também não foi por causa do seu ex que falou que nunca te esqueceu. Não, não foi por causa da meditação, nem da yoga, nem das férias na Bahia. Talvez tudo isso somado tenha ajudado, tenha te trazido até aqui. Mas a verdade é que você, finalmente, depois de algumas esfoladas na alma, no fígado e na mente, conseguiu moldar um ser humano feliz. Quem diria: você é feliz! E nesse dia que você está pouco se lixando pro seu celular, ele vai tocar muito. E que você está pouco se lixando pra sua conta bancária, alguém te paga um cachê atrasado mais de 6 meses. E que você está pouco se lixando se alguém te ama, porque você, afinal, está pagando o maior pau pra si mesma, quem diria: vai receber carinho de gente que você nem imaginava. Um dia as coisas simplesmente ficam bem. E tudo aquilo que está escrito em livros não precisam nem de páginas, nem de capa dura, nem de canetas vermelhas para circular e decorar caminhos para a felicidade.

Tudo aquilo sempre esteve escrito em você. E você aí... achando que ler o seu próprio livro não ia ter graça nenhuma!

sábado, 15 de dezembro de 2007

Sábado a Noite

No quarto, peguei a cadeira para subir e vasculhar o armario de livros ali abandonados. Em pleno sabado o que me restava era ler alguma coisa me deixasse ligada, e que prendesse mesmo, porque os mesmos papinhos da net, tel e cia me cansavam. Encontrei um pequeno aqui, de Ernest Hemingway, meu pai pedia para que eu o lê-se desde de pequena: O VELHO E O MAR, volto a cadeira pro lugar, desligo o pc, deito de barriga pra baixo abro o livro, e ai vamos nós!

Todo mundo espera alguma coisa, de um sabado a noite?!
é eu espero, mas é o que me resta né Lulu! ;)

Maíra Viana


"...As entradas do meu rosto e os meus cabelos brancos aparecem a cada ano no final do mês de agosto..."


Hoje eu acordei sem entender porque. Acordei por acordar. Assim sem uma razão aparente. Eu só acordei, pronto. Foi o suficiente para perceber que eu não sei o porquê desse relógio ao lado da cama, desses papéis pra assinar, dessa louça pra lavar. Hoje eu chorei sem entender o porque. Chorei só por chorar. Assim sem um motivo plausível. Eu só chorei, ponto. Quando eu choro, o meu estomago chora junto comigo. Quando eu acordo, o meu medo abre os olhos e lamenta o dia seguinte. Só me resta ir ao banheiro e vomitar a solidão embrulhada aqui dentro. O espelho sorri do meu desespero e o telefone me lembra o quanto sou necessaria ao mundo lá fora. Ele toca como se dissesse: "se toca". Sim, as pessoas precisam de mim. Até às 18h00. Depois disso, meu mundo silencia e só me resta fazer uma prece para que meu sono chegue logo e dure o tempo da eternidade. Ou, pelo menos, que dure até às 8h00 da manhã do dia seguinte. É quando acordo sem entender o porque. Acordo assim só por acordar. Sem razão aparente ou motivo plausível. Só pra vomitar a solidão mais um pouco, em pausas, entre um alô e outro. Mas, calma: "é só até às 18 horas", penso comigo.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Amor vincit omnia. s2

Ultimamente ando sem um pinguinho de inspiração e sem tempo também. Minha cabeça parece explodir, mas já já, TUDO passa!
Ontem resolvi ajudar uma amiga, ela é uma aluna muiiito aplicada, super estudiosa, frequentadora de todas as aulas, inclusive as sextas-feiras. Porém ela precisava de umas notinhas como ajuda complementar, e doar sangue era uma delas. Sim sim, acordei cedo, com aquele meu super bom humor rs, me esperaram quase uns 20 minutos na esquina, e lá fomos nós...Bia, eu Karen e Karenzinha rumo a Santa Casa de Santos. O mais engraçado é saber o quanto somos SUPER informadas. Chegamos eu totalmente sem medo, totalmente sem tremer e sem dor de barriga. [sim eu tenho dores na barriga quando estou anciosa] e o mais legal de tudo, totalmente com as barrigas vazias, JEJUM! haiueheaiueahaeiuaehaeu
Era uma coisa tão logica,como você vai doar sangue sem comer nada...querendo ou não são 450 ML do meu precioso sanguinho. Bom porém nada é muito fácil. Testes e perguntas que eu dou risada agora. Mas como das 4, a LELI como sempre a mais saudavel só EU pude doar. Ninguém podia ficar na salinha comigu, eu já prestes a deixar o rádio do lado pra qualquer coisa dar um berro e pedir para meu pai voar pra la. Mas nada disso, foi super tranquilo e aqui estou... Se bem que ontem e hoje estou malzinha, dores na cabeça tá foda! Mas logo logo melhoro!
Ah doem sangue, VC ESTARÁ FAZENDO UM BEM!! eu fiz DOIS! ahahahahaah
Né dona Karen! ;))

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Parabens Bia...

Uma simples afinidadeee, onde tudo começouu.....Ou uma simples amizade que começava a partir dali por causa da faculdade. E o pior de tudo, nem da mesma classe eramos... Na primeira semana de aula, alias nem aula tinhamos ainda, já fomos pro forró. e Acho que foi dai que tudo começou.... As sextas nos bares que de começo de ano eram de lei (não nos preocupavamos muito ainda com as notas..rs).... essas sextas que dançavamos funk, tiravamos milhares de fotos:Foi dai que começamos a nos entender bem ( ou não né amiga, rsrs).... Pois é, descobrimos o qnto somos diferentes, pensamos diferentes e agimos diferentes, o seu signo revela o seu genio forte, sagitariana NATA, me fez perceber que esse signo só me dava problemas, acho que foi o me karma, conhecer alguem com esse signo, e eu pisciana SONHADORA como sempre, o karma dela! Dai logo surgia as briguinhas, os choros, as discussões e as raivas, nascia então a partir dai a amizade que talves não daria certo. Foi ai que percebemos o quanto deveriamos crescer e ver que ninguém deve mudar por nós, que devemos aceitar as pessoas como elas são. Sentamos, conversamos, depois de ter envolvido muita gente, vimos que deveriamos mudar sim, uma com a outra para que pudessemos ser melhores para as duas. E acho que deu cert, né amiga?!Acho que foi dai que vimos o quanto uma era importante pra outra... Claro que toma amizade tem brigas discussões, mas com a gente acredito que está sendo diferente... Vimos que o que falamos uma para a outra, são para o nosso bem, e há quem acredite que assim que eu saisse da facu essa amizade não fosse durar. Pois bem quebraram a cara, pois hoje estamos aqui, parece que mais unidas do que nunca. As baladinhas, as viagens.Hei mocinha, quero deixar claro o quanto você é importante pra mim, o quanto me apeguei a você em tão pouco tempo. As vezes sei que falo coisas que podem te machucar ou magoar, mais sabia que eu quero realmente o seu bem. 2 anos de amizade que pra mim já parece muito mesmo. Que você continue sempre assim, sendo transparente, chorando quando tiver que chorar, sendo sensivel, sendo grossa quando preciso, acho que eu sou meio suspeita pra dizer como você é como pessoa. As pessoas sabem da sua indole, do seu carater, todos sabem a diferente 'bia' que existe dentro de ti. As felicidades que desejo a você, não é só porque hoje é seu niver e sim porque merece felicidade sempre, guerreira, carinhosa, amiga sempre, porque me mostrou caminhos que ainda eu mesmo, sozinha nao tinha descoberto. Por ser essa pessoa sempre tão familia com as pessooas que te cercam, por ser tão preocupada sempre com todos e mesmo assim ainda se ferrar no final. Mas mesmo assim não muda, você está fazendo sua parte! E isso que importa... T amo, não sei se isso seria egoismo da minha parte, mas o presente eh nosso, porque você existe, e porque Deus colocou você nas nossas vidas, então Obrigada por existir e fazer parte dela....


Hoje é um dia todo especial...
Hoje é o seu aniversário
Um dia em que você dá mais um passo
Para novos caminhos e conquistas,
Um dia marcante em sua coração.
Saiba que você é uma boa parte da minha vida
A parte de alegrias.
Você me ajudou a sorrir
E hoje desejo não só um sorriso seu
Mas um grito de felicidade.
Desejo que você
Ainda dê muitos passos
E conquiste seus objetivos,
Pois capacidade para isso
Não lhe falta.
E que você tenha sempre
A felicidade em seu olhar
Não só neste dia
Mas em toda sua vida.
E é com todo carinho e sinceridade
Que eu te digo:Parabéns Meu Amigo!!!




PARABENSSSSSSSSSSSSSSSSSS

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

TURMA DO PAGODE



Ah que saudades já =~

Como nunca tem show deles aqui na Baixada, sou obrigada a subir a serra pra ver meus amores. Bom estou morrendo de preguiça de falar do final de semana, acho que amanhã e se eu estiver com um pouco mais de disposição escrevo pra todos tá! Bom uma única musica do TDP revela totalmente o meu fds, nada a declarar. Queria também avisar que quem curte pagode, deveria ver o show dos caras, a melhor batucada que eu já vi e ouvi, quem escuta na rádio acha que é mais um desses melas-cuecas que vem pra fazer o povo chorar, mas não...Os caras mandam muito bem...Quem tiver oportunidade de conferir, recomendo, Turma do Pagode é foda..Ah queria pedir também, para que não olhem muito para o Leis, Rubinho e Marcelinho. Obrigada =D aheuihaeiuaehieauaehiaeuhaeiuaeheaiu =p



Quer freqüentar todo pagode, de segunda a sexta.
Não vou deixar você viver pra lá e pra cá
Ou ta comigo ou leva vida de solteira
Se ta me entendendo tu não faz cara feia
Se ta me querendo eu não to de bobeira
Eu conheço a noite já cansei de zoar
Vou te dizer, você vai ter que escolher

Porque, sabe que comigo não vai dar pra ser.
Acho bom ficar no seu lugar, não vê.
Que já ta na hora de mudar você, não vê.


[pra quem sabe]

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

E a Leli...


...partiu para a cidade que não dorme!

Sampaa ai vou eu NOVAMENTE!


beijos e bom final de semana todos!





quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Desejos 2008

.um pouco mais de nós!*
Prometi que seria mais cautelosa com a minha listinha de desejos, mas como nunca estamos satisfeitos com o que temos, a mesma já passa dos 50 intes...E olha que ainda nao a terminei...Porem dessa vez não vai ser com o meu dinheiro que vou te-los... Vou precisar muito mais da minha paciência, do meu carater, da minha dignidade, do meu esforço, dos meus estudos, e a maior proeza de todas, deixar a minha preguiça de lado...Pois bem, chega logo ano novo, chega vai...rs

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Vermelho e Branco

Saindo correndo do trabalho rumo a uma dessas festinhas de final de ano (tudo free), passo pela rua ao lado, a vozinha e a tia começam aos berros pela janela, oi meus amores, e em troca dizemos que estamos com saudades e elas dizem, pois é não parecem..com aquela risadinha bem que parece mentira( o que na verdade não é), ainda fica faltando a minha familia a colocar na lista de amigo secreto os presente desejados. Droga eu pedi uma pilha de DVD's piratas, mas já desisti. Da minha janela, já não consigo mais contar quantas luzes se piscam, pra quem não sabe, isso era diversão da Aline e da Helen toda epoca de Natal, rs...Essa época do ano faz toda familia ficar maluca, são ligações e ligações pra saber o cardapio da noite, são roupas e mais roupas que se devem comprar. Desespero pra saber qual cor usar, qual a simpatia que a familia vai seguir, qual a decoração da piscina, ou qual vai ser a listinha de desejos do ano de 2008. Pois bem, a minha está prontinha, com direito até de sonhos repetidos rs... Natal é ressuscitar o Cd do Roberto Carlos e jogar voley na piscina, mulheres x homens, natal de lembrar do aniversário da mamãe, natal de ver a correria da familia pra ceia, natal de ver a choradeira e de todos bem sentimentais, natal de tirar fotos da grande familia que dura o ano inteirinho em cima da mesinha do centro da sala. Natal é orar e ver que ainda não nos esquecemos dele, é sentir falta de quem se foi mas está com ELE agora festejando seu aniversário, natal é isso, mistura de sentimentos, presentes, saudades, sonhos, realizações e acima de tudo o dia em que ELE veio ao mundo.Ele que hoje tem festa e nem se quer é convidado para entrar. Então é natal.....

{ Hei papai noel, eu me comportei direitinho } Ha!

Carne e Osso

Moska e Zélia Duncan

A alegria do pecado
Às vezes toma conta de mim
E é tão bom não ser divina
Me cobrir de humanidade me fascina
E me aproxima do céu

E eu gosto
De estar na terra
Cada vez mais
Minha boca se abre e espera
O direito ainda que profano
Do mundo ser sempre mais humano

Perfeição demais
Me agita os instintos
Quem se diz muito perfeito
Na certa encontrou um jeito insosso
Pra não ser de carne e osso
Pra não ser carne e osso

terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Presentinho feminino

Hoje pela manhã após enviar um email, aqueles de amizade, correntes sabe!?Em seguida uma amiga, muito da porra louca me responde já com aquela alegria toda do jeito dela de ser. Após as perguntas formais, ela menciona que seu aniversário é daqui uns dias, conversa vai, conversa vem, ela me cobra um presente.Sim, ela é sempre cara de pau assim mesmo. Já acho normal esperar essas perolas dela. Alias ela realmente é dona das melhores que ouvi até hoje.Depois de lembra-la que estou no meu mês pobre, que o só me resta dinheiro pras lembrancinhas da familia e amigo secreto (excesso de gastos, continuo ainda uma garota consumista), ela me lembra que a ultima vez, ou penultima, que nos vimos eu lhe cobrei um presente (que feio dona leli) rsEla faz customização em roupas, e fez umas lindinhas e eu cobri. Tudo bem que meu estado alcoolico não devia estar bom, foi oque lhe informei no e-mail, mas ela me fez lembrar novamente que eu tinha acabado de entrar na balada e não tinha colocado uma gota se quer na boca da caipirinha de abacaxi. Foi pura cara de pau mesmo. Lembrando disso, brinquei com ela, dizendo que o presente dela não seria possivel comprar, porque homem não tem preço (homens, não encarem isso como elogio ok..rs), e não é que ela de novo me vem com a sua grande perola:

-Homem flor, só se for inflavel ... kkkkkkkkkkkk
Porque pelo menos quando você se enxer dele você mucha, e guarda de novo no armário. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


Pois é, me fez pensar bem nessa hipotese, seria uma boa não!

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Forte assim

"Hei, você sabe qual é a primeira aula?!"

Sentada no sofá, enrolada ao meio trapo de edredom, cara a cara com a garota branquicela de nariz vermelho que fez brotar uma espinha bem no centro. Fez-se acreditar que nem sempre o sorriso bonito, as cervejas geladas do final de semana eram as únicas coisas que ela podia contar. Sentada até as 5 da manhã intercalando entre as mãos o cigarro a brahma, a outra que agora nao estava mais sentada e sim jogada no sofa escutando estorias mirabolantes que até agora eram desconhecidas, fazendo assim ficar cada hora mais inquieta e se remexia no sofa. O brilho no olhar não se fazia entender, se eram de coisas boas que se passaram ou coisas tristes que ainda tras magoa e choro esgasgado na garganta.

-Não não, ele é tão forte aos olhos da outra.

Entre a fumaça do cigarro e as nuvenzinhas criadas pelo pensamento da garota jogava no sofa. A outra, com o cigarro na não, engasgava-se com as palavras e com as lembranças que voltavam acelerando cada vez mais a sua ida e volta ate a geladeira mais proxima em busca da cervejinha, em intervalos de tempo, ia tambem ao banheiro. Sim, mas aos olhos da outra, que ainda estirada no sofá, sabia o quanto ela era forte. O tempo sabe o que faz, ela cresceu. Deixou o seu molho de tomate penerado pela mãe, os carroços de feijão que lhe vinham ao prato, os passeios ao parque com o seu avô. Sim sim, a vida sabe o que faz, o mundo gira, as pessoas mudam, e crescem. Ela cresceu porque a vida quis assim, não chora na frente de qualquer um, é super forte, isso até ela estourar sua espinha e ver a cara dela de dor.
Ah, e a outra que ainda mergulhada em seus pensamentos, jogada no sofa e enrolada no edredom, prometeu ligar mais vezes pra garota do nariz vermelho agora sem a espinha e sem a cara de dor, só para se preocupar e mostra-lhe o quanto ela é importante e como é vista como exemplo pela garota jogada no sofá agora pensativa de como a vida sabe o que faz.

Segundona linda

Desculpe a todos os meus amigos Corinthians, mas ontem foi sensacional o jogo. Não me ligo muito em futebol, mas é que me diverti com as caras e bocas de todos os torcedores. Tadinha da minha amiga Karen que teve que estudar berrros e mais berros meu e da Aline! Hoje está todo mundo bem estressado, o meu chefe, meu amigo, primos, prima! mas acontece, encarem pelo lado positivo, vocês terão titulos que outros times (como o Santos) não tem: Campeão da Segundona(isso se conseguirem subir).

Beijos a todos e ótima SEGUNDONA pra geral!

sábado, 1 de dezembro de 2007

Abstrai

"Não cutuca quem tá quieto......Não respondo a caduco, por educado que sou."
.
Não sei ao certo, se quando montamos blog, orkut, msn e bla bla bla, a nossa vida fica totalmente exposta. Preciso deixar claro que esse blog aqui serve LITERALMENTE pra NADA! rs
Isso mesmo, fiz com o intuito de registrar o que gosto de escrever, e não faço isso sempre porque ainda morro de vergonha. Porém sei, que amigos que gosto andam passando por aqui né?! Que vergonha..rs
Escuto os comentários sobre os textos que fiz, não se se isso é bom, mas estou encarando até o momento como elogios. Mesmo porque não tenho a pretensão de escrever algo mais forte, é mesmo um diarinho isso aqui, de palavras, simples, as vezes banais, as vezes um pouco importante, outras nem tanto. Acredito que a partir do momento que jogo minha vida pelos quatro cantinhos do mundo virtual estou sujeita a tudo! A criticas, elogios, opinioes. De contra-partida, não queria expor minha vida assim de tal maneira, mas não tenho nada a esconder mesmo. Gosto de compartilhar com AMIGOS a minha felicidade, tristeza, angustia, porém ultimamente não é o que anda acontecendo. Claro que coloquei isso aqui no ar é para todos verem, e acredito que quem coloca na net é pra ser visto mesmo. Mas acreditem, meu mundo não gira ao redor dessas pessoas. Ando muito ocupada no momento, mas ainda encontro coisas ao meu respeito. Queria deixar claro que ao post anterior "O perdão", não foi significativo e nem direcionado a alguem, porem insistem em colocar no meio dessas palhacidinhas. ;)
Clique em configurações e vejam quem frequenta seu blog, ai está o motivo pelo meu tur virtual. Só passeio por onde me passeiam! Beijos em especial pra quem passa aqui todos os dias. Mamae coruja, amigo de santos do e-mail de cada dia, amigo de Sp que diz: coragemmmmmmmmm MEU BEMM, coragem, que eu amo e me aguenta todos os dias com textos e mais textos gigantescos, aos que passam aqui e me respondem no msn. A você que depois de um tempinho de tempo juntos se tornou um grande amigo e que me acorda pela manhã e me faz ficar de bom humor. Ao anonimo que comenta com textos lindos. A minha inspiração que ultimamente não sei de onde vem, acredito que do passarinho verde que anda fazendo dos meus dias mais alegres. E acredite, isso aqui é só um 'descarrego' de palavras, não está direcionado a ninguem, só pra nao constar duvidas. Nada e ninguem me encomoda. Faço visitas porque isso aqui é pra isso, e se faz isso é para ser mostrado. Infelizmente não com o mesmo intuito que eu, que é colocar aqui os meus textos, mas enfim, está esclarecido.
.
E amanheça brilhando mais forte! SEMPRE!! s2

Pra rua me levar

Música que não paro de escutar, acho que ela diz muito sobre mim! x)

Não vou viver, como alguém que só espera um novo amor
Há outras coisas no caminho onde eu vou
As vezes ando só, trocando passos com a solidão
Momentos que são meus, e que não abro mão
Já sei olhar o rio por onde a vida passa
Sem me precipitar, e nem perder a hora
Escuto no silêncio que há em mim e basta
Outro tempo começou pra mim agora

Vou deixar a rua me levar
Ver a cidade se acender
A lua vai banhar esse lugar
Eu vou lembrar você

É mas tenho ainda muita coisa pra arrumar
Promessas que me fiz e que ainda não cumpri
Palavras me aguardam o tempo exato pra falar
Coisas minhas, talvez você nem queira ouvir
Já sei olhar o rio por onde a vida passa
Sem me precipitar, e nem perder a hora
Escuto no silêncio que há em mim e basta
Outro tempo começou pra mim agora

Vou deixar a rua me levar

O perdão

Cristiane Bicca

Todos nós buscamos a felicidade. Mas que felicidade é essa que quanto mais se procura mais distante fica? Para que realmente a encontremos é necessário conhecermos a nós mesmos e colocarmos em prática a nossa reforma íntima, ou seja, a renovação das nossas atitudes.
Por isso, hoje, falaremos sobre o perdão, uma das maiores virtudes, através das quais alcançaremos a paz e a felicidade interior.
Como nos mostra Miramez em Horizontes da Mente, o PERDÃO é um fato, sem que exista discussão sobre o assunto, pois se fundamenta no amor e é sustentado pela caridade, sem insultar a lei da justiça.
Infelizmente, nosso conceito de perdão pode limitar ou dificultar a nossa capacidade de perdoar. Dizem que perdoar é coisa de gente fraca , medrosa, boba. Possuímos crenças negativas de que perdoar é aceitar de forma passiva tudo o que nos fizeram. Achamos que perdoar é aceitar agressões, desrespeito aos nossos direitos. Muitos afirmam: "eu não levo desaforo para casa!..." Somos alguns destes?
Será que a pessoa que perdoa demonstra fraqueza de caráter? Temos a certeza que não. Aliás esta certeza não é nossa, mas do Cristo que nos recomendou e viveu o perdão incondicional. E não consta que o Mestre tenha demonstrado em Sua vida fraqueza de caráter. Alguns até pensaram que ele era meio fraco, já que quando perseguido e açoitado, não esboçou qualquer gesto de reação e no auge do seu martírio ainda foi capaz de pedir ao Pai que perdoasse os seus ofensores.
Até hoje ninguém lembra daqueles que o crucificaram, mas o nome do "imaginado fraco", do grande pacificador, cruzou os mares, venceu a linha do tempo, ficando conhecido em todo o mundo, a tal ponto de dividir a história da humanidade em antes e depois Dele.
Não existe uma razão plausível para não perdoar, mas existem muitas razões para exercitarmos o perdão. Vamos ver algumas delas?
A primeira razão para perdoar encontra-se na constatação de que todos nós ainda somos imperfeitos. Não há ninguém, no atual estágio do planeta Terra, que tenha atingido a perfeição, por isso, o erro faz parte das nossas vidas. A visão da eternidade, que a doutrina espírita nos mostra, abre os nossos horizontes, pois se já percorremos inúmeras encarnações, muito já aprendemos, porém temos que aprender outras centenas de lições. E como o Criador está em constante processo de criação, cada um de nós iniciou sua trajetória evolutiva em época diferente da dos demais. Logo, cada um de nós está em determinada faixa evolutiva, com determinados aprendizados já realizados e com muitos outros a serem realizados.
Então, se alguém nos ofende, não o faz por maldade, mas por ignorância. Ignorância, significa, que quem nos ofendeu ignora, ainda não aprendeu a lição do respeito. Somente quem tem a visão da imortalidade do espírito pode compreender a trajetória que todos nós realizamos, passo a passo, degrau a degrau.
Um exemplo simples: se déssemos a um aluno do Primeiro Grau uma equação algébrica para ele resolver, dificilmente conseguiria e nem por isso seus professores ficariam decepcionados com ele. Simplesmente entenderiam que ele não estava em condições de resolver o problema. Ele ainda era ignorante em álgebra. Futuramente não será mais.
Sendo assim, haveremos de aceitar as pessoas como elas são; cheias de virtudes e defeitos. Não há perfeição, ainda somos imperfeitos. Vamos sair da ilusão de que os outros devem ser perfeitos, principalmente quando agem conosco.
Muitos dizem: "Ah, eu me desiludi com aquela pessoa". É claro! Sabem porquê ? Porque se iludiram com ela, pensando que esta seria perfeita o tempo todo. Provavelmente, notaram muitas virtudes e aí passaram a imaginar que aquela pessoa era um "anjo caído do céu", mas quando esta mostrou os seus defeitos, veio a desilusão, o engano, a decepção. Aí, muitos dizem que não conseguem perdoar porque estão muito magoados. Porém, o problema não está no outro, pois era previsível que por mais especial que esta pessoa fosse, um dia acabaria agindo de forma diferente daquela que esperávamos. O erro está em nós, que não aceitamos as pessoas como elas são.
Será que estamos aceitando as pessoas como são? Será que não estamos esperando muito dos outros? Será que estamos esperando lidar com seres angélicos num planeta de provas e expiações?
Podemos dizer: Sem Aceitação, Não há Perdão!
Nos aceitando e aos nossos irmãos como eles são, nossos relacionamentos ficarão melhores. Sabem porquê? Porque não haverá tanta cobrança, tanta expectativa. E quando eles ou nós errarmos, e eventualmente nos prejudicarmos, haveremos de lembrar do Mestre Jesus, que perdoou a todos, exatamente porque aceitou a cada um de nós do jeitinho que somos.
Um outro motivo para esquecermos as ofensas está na constatação de que o perdão traz um grande alívio para quem perdoa. Nem sempre para quem é perdoado. Porque muitas vezes quem é perdoado não consegue se livrar da sua consciência, mas este também precisa aprender a se perdoar e a recomeçar novamente. O autoperdão também é importante. Para que reconhecendo os nossos erros encontremos forças para reformular nossas atitudes e começar uma nova vida.
Considerando a própria fragilidade, o indivíduo deve conceder-se a oportunidade de reparar os males praticados, reabilitando-se perante si mesmo e perante aqueles a quem haja prejudicado.
O arrependimento, puro e simples, se não acompanhado da ação reparadora, é tão inócuo e prejudicial quanto a falta dele.
O autoperdão ajuda o amadurecimento moral, porque propicia clara visão responsabilidade, levando o indivíduo a cuidadosas reflexões, antes de tomar atitudes agressivas ou negligentes, precipitadas ou contraditórias no futuro.
Quando alguém se perdoa, aprende também a desculpar, oferecendo a mesma oportunidade ao seu próximo.
Caso não nos perdoarmos ou não perdoarmos alguém, carregaremos os sentimentos de mágoa e ressentimentos e este lixo tóxico produzirá em nosso organismo doenças de difícil tratamento. Por que? Porque se alimentarmos idéias de ódio e vingança entramos na mesma sintonia de agressão e sobrecarregamos nossos centros energéticos, perturbando o nosso organismo, desencadeando um mundo de distúrbios, fazendo com que nosso espírito sofra as conseqüências do que provocou.
Eis o porquê do PERDÃO.
Muitos podem estar se perguntando como podemos aprender a perdoar.
Uma das ferramentas básicas para alcançarmos o perdão real, é conseguirmos nos manter a uma certa "distância psíquica" da pessoa, do problema ou das discussões. O que seria esta distância psíquica? É conseguirmos analisar, o problema como se não fosse conosco. Porque este distanciamento fará com que não exageremos na interpretação do problema, caindo em impulsos desequilibrados causando uma sobrecarga em nossa energia mental. A mente com este desequilíbrio dificulta o perdão. Então, nos desligando da agressão ou do desrespeito, nosso pensamento vai sintonizar com mais clareza e nitidez no bem, renovando a "atmosfera mental".
Ao desprendermo-nos mentalmente, passamos a usar construtivamente os poderes do nosso pensamento, evitando os "deveria ter falado ou agido", eliminando da nossa imaginação os acontecimentos infelizes que aconteceram conosco.
É fator imprescindível, ao "separar-nos" emocionalmente de acontecimentos infelizes, a TERAPIA DA PRECE como forma de nos harmonizarmos, pois a prece refaz os sentimentos de paz e serenidade, facilitando a harmonização interior.
Desligar-se não é um processo de nos tornar insensíveis e frios, comportando-nos como criaturas inacessíveis as ofensas e críticas. Desligar-se, quer dizer deixar de alimentar-se das relações destrutivas, desvincular-se mentalmente das relações doentias ou de problemas que não podemos solucionar no momento.
Ao soltarmo-nos desses fluidos que nos amarram a essas crises, temos a chance de enxergarmos novas formas de resolver dificuldades e desenvolvermos a nobre tarefa de nos compreender e compreender os outros.
Quando aceitaremos fazer este "distanciamento" mais facilmente? Quando conseguirmos acreditar que cada ser humano é capaz de resolver seus problemas, e é responsável por todos os seus feitos na vida, permitindo que sejam, e se comportem como queiram, dando-nos a nós essa mesma liberdade.
Viver nos impondo certa "distância psicológica" às pessoas ou coisas problemáticas, sejam entes queridos difíceis ou companheiros complicados, não significa que deixaremos de nos importar com eles ou de amá-los ou de perdoar-lhes, mas sim de viver sem enlouquecer pela ânsia de tudo compreender, suportar e admitir.
Compreendendo, que ao promovermos, este distanciamento psicológico, teremos mais habilidade e disponibilidade para percebermos o processo que há por trás dos comportamentos agressivos, permitindo-nos não reagir da mesma maneira que fazíamos e sim olharmos "como é, como está sendo feito" nosso modo de nos relacionar com os outros, isto nos leva a começar a entender a dinâmica do perdão.
Uma das mais eficientes técnicas de perdoar é retomar o vital contato conosco mesmo, deixando-nos de ser vítimas de forças fora do nosso controle para transformar-nos em criaturas que criam sua própria realidade de vida, pois como já diz o nosso querido Divaldo Pereira Franco:
"O PERDÃO É SEMPRE PARA QUEM PERDOA".
Por isso, não nos contaminemos pela raiva, pela cólera e pela mágoa. Vivamos em paz e com a nossa consciência tranqüila pronta para merecer o perdão das pessoas que prejudicamos com os nossos atos, palavras e pensamentos, pois somente será perdoado aquele que perdoa. Essa é a lei.
Façamos uma proposta conosco mesmo: passemos uma borracha em todos os sentimentos de mágoa que e ainda temos. Libertemo-nos do ódio, expulsemos a mágoa, perdoemos os nossos ofensores e a nós mesmos, pois todos nós necessitamos do perdão Deus ensinado por Jesus na oração do Pai Nosso.
Se Deus, a Suprema Bondade, compreende nosso erros, porque não haveríamos de entender os erros alheios?
Experimente perdoar, pois quem aprender a perdoar jamais se esquecerá, por sentir os efeitos de felicidade que advém deste fato.
Depois de ler esse texto eu vi o quanto é importante perdoar, mesmo já sabendo disso antes. Hoje eu sei o quanto perdoei erros e pessoas que seriam imperdoaveis. Perdoei as traições, perdoei os inimigos que se fizeram de amigos para nos derrotar, perdoei os invejosos, perdoei "você" por ter feito o fez. Hoje eu leio coisas que me deixam tristes, e vejo que o único sentimento que resta sobre isso tudo, é o pior de todos eles, A PENA, dó de alguém quer realmente expor sua felicidade. FELICIDADE É VIVIDA, E NÃO EXPOSTA! Acho que você poderia tentar?!