sábado, 15 de dezembro de 2007

Sábado a Noite

No quarto, peguei a cadeira para subir e vasculhar o armario de livros ali abandonados. Em pleno sabado o que me restava era ler alguma coisa me deixasse ligada, e que prendesse mesmo, porque os mesmos papinhos da net, tel e cia me cansavam. Encontrei um pequeno aqui, de Ernest Hemingway, meu pai pedia para que eu o lê-se desde de pequena: O VELHO E O MAR, volto a cadeira pro lugar, desligo o pc, deito de barriga pra baixo abro o livro, e ai vamos nós!

Todo mundo espera alguma coisa, de um sabado a noite?!
é eu espero, mas é o que me resta né Lulu! ;)