sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Memórias em um Baú

Sabe quando você acorda naqueles dias em que você realmente não queria existir, pois bem, hoje é um desses dias para mim. Estou bem cansada, agora mais do que nunca percebi que o meu cansaço não é físico. Queria poder acordar, separar todos os meus sentimentos, e esses ruins que andam me atormentando, joga-los em algum canto, mas que não possam ser tocados, como uma quarentena. E por fim, excluidos, mas nem tudo é assim né!

"Pessoas me confundem, me cansam, me fazem desistir do mundo. Pessoas fazem barulho, imcomodam. Pessoas são obvias. Pessoas machucam, atropelam. Pessoas mudam de opinião. Pessoas desistem do que ja havia sido combinado antes. Pessoas amadurecem e passam a querer outras coisas. Pessoas me dão vontade de vomitar. Pessoas se parecem umas com as outras. Pessoas se parecem comigo. Ou sou eu que me pareço com elas? Não sei, só sei que pessoas me confundem, me cansam, me fazem desistir de mim... "

[Maíra Viana]

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

BACK UP

Não sei vocês, mas eu sou tão apegada a essa minha maquininha aqui, que estou ficando triste, até com vontades de chorar, porque meu bebê vai embora. Ele vai ter que ser formatado, claro que eu já estou fazendo back up, mas só da pasta de músicas e fotos está me dando um trabalho e uma demora....

Agora o que está me deixando mais preocupada é a parte do trabalho (estou falando do pc do trampo pessoal), é ter que instalar depois todos os programas novamente, é Siscomex, etiquetas, Primo.. hummm, isso já está me cheirando merda! rs

Estou esperando esse back up acabar para eu ir para casa me arrumar ir pra faculdade e depois ainda ir pro pagodinho do Caricatura e ainda depois ir pro meu typographia que eu morro de saudades, nem estou acreditando que eu vou!

Bom, deixa eu ir, porque se não vou ficar estressada com tudo isso aqui!

Beijos companheiros!

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Caos do bem

Estava me recordando agora das tendas do ano passado que se encontravam na orla da praia, em época de final de ano e temporada. Não teve aquele 'burburinho' e nem se quer foi tão frequentada como ano passado, não chegou nem perto daquela quantidade de pessoas que sairam de suas casas em semana de 'chuvas-de-verão' e muito menos foi prestigiada pela trupe que recebemos aqui em Santos.

Ah, me bateu uma saudade tão grande (não sou aquelas fãs fanaticas), mas TM me faz tão bem. Queria sentir de novo aquele abraço gigante de pessoas que jamais iria ver novamente, ou então sair atrás de um trenzinho com as mãos nos ombros de alguém cujo está com o mesmo proposito que eu, FOLIA! Aquela polvorosa aglomeração de pessoas que buscam na arte circense uma maneira de encarar a realidade com outra forma de vida.

Me diz que você nunca teve voltande de sair ai andando pela rua fazendo bolinha de sabão ou com um nariz de palhaço (isso eu tenho quase sempre, afinal o que mais andam fazendo ultimamente é o povo de palhaço), mas enfim... Magia, Amor, Encanto, Música, Teatro, Arte, Riso, Saudade. É tanta coisa 'numa coisa só' que fica literalmente impossivel de se explicar, mesmo você ai querendo entender.

Só queria um desses neste final de semana, ou um dois por semana, talvez três que ficaria até mais leve. Algumas pessoas sabem da sensação que eu sinto quando saio de lá, outros só saberão quem conhecer. Outros jamais saberão porque eles nem os mesmos são mais, porém ainda resta uma esperança que tudo volte ao normal e possamos ver novamente e sentir mais do que nunca a energia que o Teatro Mágico nos passa. Ê saudade!

E continue sempre, amanhecendo cada vez mais forte, RAROS!!

Paz e amor

"porque se nada der certo, eu viro hippie"
Ele mostrou-se diferente, mas quem foi que disse que nessa cidade rostinho bonito também não tem cuca no lance? Quem disse que ele não queria fazer aqueles programas bem alternativos que não gastasse mais que 15 reais, ou então viver no ano de 1989. O triste é que nossa sociedade não sai do papel, nem dos miserros integrantes. A nossa balada PUB ALTERNATIVA jamais chegará a Santos, e os luais, teatros e cinemas continuaram vazios, as baladas de 'psy' e afins continuarão abarrotadas de gente pagantes, pelo pequeno precinho de 90 reais para somente sorrir lá dentro. Não que o problema seja a classe social de cada um (mesmo isso já sendo um problema), mas a minha cidade anda meio fútil ultimamente(não que eu seja totalmente útil), mas queria me sentir assim, defender algo, lutar por alguma coisa, pelos meus direitos, pela desigualdade social, sei lá... Acordei filosofando hoje, e não acordei assim SOZINHA, não é Aline e Vinicius! Largaremos um dia tudo isso para curtir a nossa leitura debaixo da arvore na praia a noite! Conto com vocês 'abiiiguinhos'. rs

No caso, PREGUIÇA...

Eu devia escrever mais. Não que seja das coisas que faço bem, mas é um modo de registrar pequenos detalhes que dentro em breve terei esquecido, seja por falta de vontade ou doença. Que de mal de Alzheimer ninguém está livre.
Que por enquanto ainda preservo minhas saudades...

Tirando a Teia

Por livre e espontanea PRESSÃO tive que abandonar meu blog. Esse computador fez questão de me deixar na mão nos últimos tempos. Tenho tanta coisa pra dizer, tanta coisa pra escrever, mais ainda sim ando sem tempo. Pra quem não sabe, fiz 21 aninhos de pura TRAVESSURA ;)
Brincadeira, agora eu sou (e como sei que sou) uma garota mais crescidinha! hehehe

Foi por essas e outras que percebi o quanto eu sou especial (desculpe a arrogância), mas eu sou muito gente boa viu, sou tããão legal! rsrs

Queria poder contar do meu final de semana, do convivio constante com os amigos ultimamente e das aventuras que andei passando, mas como disse, ainda sem tempo. Por isso vou deixar uma lista dos blogs que ainda não consegui parar de ler, não sei se é dica, se é porque estou fascinada por esse mundo, ou se é porque não tenho coisa mais importante pra falar, mas quem tiver um tempinho (tempão) pode conferir, cada um de um jeito, um estilo, e idéias diferentes, porém todos muito bem produtivos. Então GOOD LUCK!

http://nageladeira.blogspot.com/

http://descontentamento-constante.blogspot.com/
http://doisdedinhosdeprosa.blogspot.com/
http://criticalwatcher.blogspot.com/
http://maternidadedotexto.zip.net/
http://redatorasdemerda.blogspot.com/
http://www.dollyta.blogger.com.br/
http://juwolfenson.zip.net/
http://brincandocomclarinha.blogspot.com/
http://coisasdagaveta.blogspot.com/
http://nuancesp.blogspot.com/
http://desencontrando.blogspot.com/
http://muitogelo.blogspot.com/
http://tudopalhaco.blogspot.com/
http://notasujas.blogspot.com/
http://rogersaraiva.blogspot.com/
http://blogsegredosdeliquidificador.blogspot.com/
http://gotasdiariasdesentimento.blogspot.com/
http://encontroquaseperfeito.blogspot.com/
http://www.nesteinstante.blogspot.com/
http://vergonhaesemvergonhice.blogspot.com/
http://nocentrodemim.blogs.sapo.pt/
http://chadascincomeninas.blogspot.com/
http://umavidamildestinos.blogspot.com/
http://www.sutiaquarentaeseis.blogspot.com/
http://tragediadavidalevada.blogger.com.br/
http://www.fabulosodestinomeu.blogger.com.br/
http://www.assimfaliu.blogspot.com/
http://ehsohsaudade.blogspot.com/
http://www.floresenauseas.blogspot.com/
http://www.borrao.weblogger.terra.com.br/
http://meandmysecretlife.wordpress.com/
http://nao2nao1.com.br/
http://solteirasriodejaneiro.blogspot.com/
http://mundoestranho.blogspot.com/

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Tropa de Elite

Depois de ser um grande alvo de críticas, por ser tratar de temas totalmente polêmicos, estamos ai, com mais um prêmio para o nosso pais, um ursinho de ouro. Fascista ou não, merecido. Um dos melhores filmes brasileiros (se não o melhor) que já vi.

Reportagem completa!

http://cinema.uol.com.br/ultnot/2008/02/16/ult4332u660.jhtm

Frustração

A lista está pronta. Os desejos e sonhos são escritos em folhas de seda que serão eternas. A escrita foi feita com canetas de fruta-cor e cheiros agradáveis que lembram as mais belas flores. As mãos delicadas aparentam ser de uma senhorita, letras garrafais. A lista está pronta. A lista continua pronta. Agora em papéis que sujos estão, lápis gastos escritos fortemente sobre a folha, porém o tempo irá fazer o favor de apagar. Agora, a mão castigada, a unha espremida que chega a ficar branca. A letra garranchada. A lista está pronta. Agora não sei. O que foi espremido? A unha ou os sonhos. O que está castigada? A mão ou os desejos não realizados. O que está gasto? O lápis ou a nossa vida. Se o que foi espremido foi os sonhos, o castigo foi os desejos não realizados e o que está gasto é a minha condição ou o lápis?! É, agora não sei. O trabalho que obtive esboça sempre a razão, a razão de dúvidas e incertezas. Pensando bem, não vale a pena.

Odeio Odiar

Eu não sou inteiramente definida pelo que odeio. Não odeio tudo até que se prove amável, muito pelo contrário. Não obstante eu tenho esse sentimento dentro de mim... e precisa sair. E eu odeio falar palavrão, e eu odeio odiar, mas pelo bem desse texto, vou ter que fazer os dois.

Pra começar odeio quem me odeia. Não se engane, nem todo mundo odeia quem lhe odeia, eu sim. Não tenho essa “fale mal mas fale de mim”, nada de “sua inveja faz a minha fama”. Não faço (quase) nada de errado, tá falando o quê, seu bosta? Tá com inveja de quê? Vou escrever minha biografia pra dares uma olhada e quem sabe se repetires tudo, vai que dá certo. Vai encarar? Achei que não... então não enche!

Odeio roupas com desenhos de bichinhos, bonequinhas, desenhos fofos ou mensagens. Tenho uma camiseta escrita “You suck, and that’s sad” e um coelhinho desenhado. Odeio essa camiseta, nunca usei!

Odeio autores que fazem um puta sucesso e depois escrevem vários livros médios pra tentar continuar mamando nas tetas da fama. Odeio livros médios escritos antes do grande sucesso, mas que depois desse começam a vender mais, mas já teriam sido vendidos se fossem tão bons como o que fez sucesso primeiro.

Eu odeio gente complicada. Odeio ter que andar nas pontas dos pés pra não desarmar uma armadilha que vai fazer com que eu tenha que ficar 30 minutos deferindo elogios vãos pra acalmar os ânimos de quem explode sem razão. Odeio não saber dizer não, e viver fazendo coisas que eu não quero como se o mundo todo fosse feito de cristal e eu de pedra. Odeio ter que escolher o que dizer, odeio não poder contrariar, odeio ter que falar com adultos como se fala com criança, as vezes eu odeio adultos. Crianças (geralmente) são os seres menos complicados e mais fáceis de se lidar.

Odeio (geralmente) quem nasceu bonito. Eu nasci feia, fui uma criança feia, uma pré adolescente feia. Foi o que me salvou. Tive que ler pra passar o tempo, estudar pra nunca repetir de ano e daí ter que encontrar outro grupo de 30 pessoas que acreditassem que por trás das espinhas e cabelo estranho tinha uma menina legal. Tive que ser legal pra que isso fosse verdade. Se eu tivesse nascido bonita como a minha mãe, eu seria chata e burra. Minha mãe não é chata nem burra, mas mesmo assim as vezes, só as vezes, eu também odeio ela. Odeio nunca ter sido e talvez nunca chegar a ser realmente bonita. Sempre que alguem diz que eu sou bonita eu acho que estão mentindo, mas ainda assim, odeio quem não diz.

Odeio chegar sozinha nos lugares, odeio estar sozinha (ponto). Não tenho rompantes, anseios de silêncio e solidão. Quando eu “preciso ficar sozinha” eu só preciso ficar longe das pessoas pra quem eu disse isso. Não significa que não preciso da minha melhor amiga, do meu namorado ou dos meus cachorros. Se tiver todos eles ao mesmo tempo, melhor. Eu realmente odeio ficar sozinha. Fazer refeições sozinha, então, ultrapassa todos os limites e sobrevoa esse limite “como uma ave de rapina”.

Odeio a balada. Odeio que no escuro os homens me achem bonita à primeira vista e queiram me beijar sem saber que eu passei direto na federal e nunca repeti matéria, que me viro em quatro idiomas, adoro Gabriel Garcia Marquez e que quando eu fico nervosa eu dou risada. Odeio quem acha que eu, na minha idade, ficaria assim com qualquer um mesmo. Geralmente eu odeio quem quer me beijar.

Odeio estar no mesmo ambiente de todas as beldades de Floripa, porque na escala de medição usada na balada eu fico inferior, e me sinto cheia de espinhas e com cabelo estranho denovo. Odeio que mulheres bonitas achem que são melhores do que eu, e odeio ser inteligente suficiente pra saber que eu também não sou melhor que elas. Odeio que mesmo com tudo que eu faço e abdico eu nunca vou ser melhor do que ninguém.

Odeio quem odeia animais. Odeio quem acha que qualquer pessoa ou ser é inferior a si. Odeio quem tem complexos, e traumas, e desconta essa raiva e frustração num mundo que não tem culpa. Odeio homens que gastam dinheiro com seus carros além de gasolina e mulheres que só gastam em roupa e pratas mas não pisam na Sisciliano nem pra se esconder da morte. Odeio me preocupar com o nível cultural e com os erros de português de todo mundo.

Odeio tomar banho fora de casa. Odeio lugares vazios e tão silenciosos que meu pensamento fica com vergonha de se manifestar e ser ouvido. Odeio lugares tão cheios que eu fico tão preocupada com o que todo mundo está pensando que me esqueço de pensar por mim mesma. Odeio ficar sem graça, odeio não ter o que falar, odeio ser coadjuvante, odeio a responsabilidade do papel principal. Odeio chamar atenção, odeio não chamar. Odeio me contradizer.

Odeio ficar um mês sem escrever e voltar só pra dizer o que odeio, coisa que eu, por essência, odeio fazer.

Odeio!

[Manoella Klippel]

domingo, 17 de fevereiro de 2008

Sabádo a noite

"É só isso
Não tem mais , boa sorte
Não tenho o que dizer
São só palavras
E o que eu sinto
Não mudará
Tudo o que quer me dar
É demais
É pesado
Não há paz
Tudo o que quer de mim
Irreais
Expectativas

Mesmo, se segure
Quero que se cure
Dessa pessoa
Que o aconselha
Há um desencontro
Veja por esse ponto
Há tantas pessoas especiais"

sábado, 16 de fevereiro de 2008

Lágrimas

Ah, porque não me deixastes ficar aqui, com os dentes a mostra e a felicidade há dominar o corpo e mente? Você tem que vir involuntariamente descer pelos olhos e rolar minha face.
Chorona, boba e totalmente emocional, qualquer programa sensacionalista faz surgi-la novamente em minha vida. Droga, não me faz lutar. Nessa briga você quase sempre as vence. Deixe que eu seja feliz, não atormente mais os meus sonhos e as minhas alegrias, isso é um recado (ou uma chamada na chincha) de alguém que não aguenta mais as suas visitas.
Passar bem.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Enchendo linguiça

Um amigo disse que o que acontece com a gente nao é preguiça de escrever, e sim bloqueio. Andei muito 'bloqueada' ultimamente, mas acredito que era mesmo a preguiça, porque vontade e temas eu tinha diversos. Já dizia um grande Sábio: PENSAR ENLOUQUECE, e isso não deixa de ser verdade, estou enlouquecendo aos poucos com tanta informação dentro desse quadrinho branco, que quando chego aqui falta argumento para coloca-los em ordem para que alguem os entenda.
Vou partinho, quem sabe amanhã, ou um sábado chuvoso, ou talvez um domingo entediado não volto, com meus pensamentos totalmente inuteis que não acrescentam nada para um POST mais rico.
;)

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Caiu? Levanta!

"...pllimmmmmmm, plofffffffff...."


sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

O Retorno



Foram momentos únicos com esse pessoal viu, bares, estudos, provas, festas, muita coisa mesmo. Esse ano senti falta, ia bastante na faculdade, mas não era a mesma coisa né?! Porque eu não estudei com eles, não passei por aqueles frios na barriga e nem morri de felicidade depois de conseguir passar em exames ou ir bem naquela matéria de tanto que eu estudei.
Pois bem, agora o problema de todos vocês acabaram, a leli voltou. Fiquei afastada um ano por motivos maiores, mas Graças a Deus, Ele é muito grande e conseguiu me fazer voltar. Vocês todos não sabem como senti falta de vocês meus amores. Mas enfim, as suas sextas feiras e a sala de aula de vocês não serão mais as mesmas. o 1º A ficará marcado pra mim PRA SEMPRE, mas já conheço muita gente do 2º agora que com certeza vou saber lhe dar muito bem. Claro que essas minhas amigas que eu pensei que seriam apenas de faculdade, hoje estão mais presente do que tudo na minha vida. Vocês foram, é e sempre serão minhas irmãs que escolhi. A Partir do dia 11 nos aguardeee UNIMES, estaremos de volta com o Trio, agora Quadruplo, ou o quinteto, que seja...Seremos nós por nós mesmos e isso que importa.
Que venha os estudos, estou com saudades de me matar de estudar nos finais de semana! rs
Beeijos minhas bixetess eternas! \o/

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

3º Round!

Quando eu penso que vai acabar dessa vida de pagode, heis que surge a saga da cadeira atrás da porta como sempre! Cadeira - o retorno parte 27..rsr

Eu juro que eu estou cansado dessa vida toda, tenho tantas coisas para escrever aqui, pensamentos, meus textos, minha reflexões, mas tenho que registrar cada momentozinho com as minhas negas. Com elas não rola outra balada, outro tipo de música e nem os meus barzinhos para ficar conversando, claro que o carro é sempre o lugar dos comentários, dos berros inesperados, mesmo porque assim não seremos expulsas da mesa.

Ontem o dia passou muito rapido, vim trabalhar somente depois do almoço, então o dia voou. Cheguei em casa as 7:00 e a arrumação estava feita. É sempre esse dilema para saber qual a roupa, o bom é que sempre tenho primas (deby vc tb eh prima) tão legais.

Saimos daqui de Santos por volta das 9 e passamos no mercado para comprar o bolo do Anderson. Entramos no Santa Clara eram 11:15. E fomos ao banheiro dar aquele "retoque" rs

Os meninos foram chegando conforme o passar do tempo.. Em falar neles, tão perdendo a vergonha né, agora já me tiram, já me zoam, tão que tão... deixa eles comigo!

Foi legal o show do turma, o show do hora H também , desacreditei quando vi o Willians do Teatro Mágico tocar pagode, é estranho.. Mas fora isso foi simplesmente perfeito.

Cantamos parabens para o Anderson, todos os meninos e o bolo estava uma delicia, o Leiz que disse fabi, que já posso casar! rsrs

Na saída, quem me aparece? Chorão...Nossa fazia anos, ANOSSS mesmo que não o via! E não é que ele lembrou da gente quando eramos do fã clube. Pois bem, dia 6 foi aniversário dele, sabado vai ter uma feijoada com pagode dos amigos na casa dele, e somos convidada de honra pois fizemos parte da história dele. Ele tá engraçado com cabelo de barbie, como diz ele....rs Vai ser engraçado encontrar o Rodrigão, o Ed, e o Rodrigo depois de todo esse tempo! Mas vamos que vamos né!?

Me divirto com tudo isso!? Claro que tomorrendo de saudades das minhas baladinhas de Santos, Typographia, Moby E Tortinho, mas se querem saber se eu quero outra vida!? NÃO NÃO! rs

Não vou mais colocar fotos aqui, só sobre os meus pensamentos, quem quiser ver as fotos do final de semana estão no album pessoal.
Amanhã eu voolto e semmmmmmm 4º ROUND! rs

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

2º round!

Não tenho muito o que dizer, e nem posso digitar muito por causa da tatuagem que ainda está doendo! E outra, somente quem sabe viu o que ganhou ou perdeu com aquele show maravilhoso.

UIIIIIIIIIIIIII QUERIDO!!
É O SEGUINTEEEEEEEEEEEEEE!!
DIREITOS IGUAIS!

QUERO ISSO TODO DIA!
E hoje tem mais em Sampa, SANTA CLARA!

terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Cordel

Pra quem não conhece a banda, MERECEEEE conhecer, diferente de tudo que já vi e ouvi, merecemos algo melhor né?!

Sou palhaço do circo sem futuro
Um sorriso pintado a noite inteira
O cinema do fogo
Numa tarde embalada de poeira
Circo pegando fogo
Palhaçada
Circo pegando fogo
E a lona rasgada no alto
No globo os artistas da morte
E essa tragédia que é viver
E essa tragédia
Tanto amor que fere e cansa


http://cordeldofogoencantado.uol.com.br/

Fatura do mês


Essa fatura é nossa...
Ao som dos cavaquinhos e ao passo da ala dos otários, estamos nós sorrindo e pagando a conta do bonitões de Brasília...
Depois de tudo que aconteceu, tanta coisa nebulosa, tantas lacunas e duvidas sobre o gerenciamento desse governo, essa carta de solidariedade do lula pra ministra gastona me soa como deboxe... Aliás, ficar falando do PT ou do lula, não vira, não serve pra nada...
Que a situação está caótica todo mundo ja sabe, é bater na mesma tecla.O problema é que nada mais nos deixa de queixo caído, não há mais um fator reagente, não existe mais a senha do motim!!!
Todo mundo querendo salvar o seu... ta errado não...! E ai?
Como dizia o Henfil, os pessimistas ja são maioria, e pessimista não faz amor, não sonha, não da bom dia nem boa noite, não faz revolução!!! Ás Ruas...
Pois eh, que será que o Henfil diria hoje, vendo tudo isso...
Esses caras de Brasília são nossos funcionários, é como aqui no meu prédio, elegemos um dos moradores para administrar o condomínio.
Ele não é meu chefe, não tem sobre mim nenhuma autoridade ou poder...
É um companheiro 'companheiro'!!!Só não paga o condomínio, pelo stress da função, o que é bem honesto.Só que la no planalto eles subverteram a idéia de companheiro...
tipo assim, seu síndico toca a sua campaínha, te da uma tortada na cara, joga o lixo na sua porta da um peido e sai!!! E você ainda agradece...
Bem assim...Não digo que essa é a atitude desse governo, isso ja virou conceito, arquétipo. Uma pena...
Bom, então vamos pra rua, pra folia, pra cerveja, pros blocos e pra santa tereza...
Que o esquecimento é o brinde de quem se dopa de qualquer realidade além da pedra, do sal e da água!
Pra esse post, ouçam a musica 'palhaço do circo sem futuro' do Cordel do fogo encantado...
(Thiago Rodrigues)

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

RJ - Carnaval 2008

Mais um carnaval, e não podia ser diferente com milhares de histórias pra contar!
Esse a Fabiana demorou um pouquinho para descer porque o carro dela quebrou novamente, mas como o padrinho sabe sempre ser muito bonzinho, emprestou o dele para a Fabi.

Logo que elas chegaram (veio a faby e a debrinha) almoçamos e ficamos conversando uma carinha, e descobrindo coisas que rimos demais. Sentamos na sala e começamos a ver os dvd's que a deby trouxe pra gente. Depois de passar um dia inteiro em casa, resolvemos decidir o que fazer. A primeira opção era o Manu's, mas logo o Ailton nos ligou e disse que não ia ter, porque o Algo + estava com o projeto na nova casa, Royal Mercúrio. Decidimos ficar de rolé, mas antes deixar o Helinho na Capital.

Saindo de lá, rodamos a praia inteira e usando bastante a buzina do carro do padrinho. Mas como essa cidade está bem morta, resolvemos ir até SV ver se a praia estava um pouquinho melhor, e para a nossa TOTAL surpresa, a cidade continuava a mesma e sem novidade alguma, tudo igual aquele lugar.. Foi ai que tivemos a BRILHANTE idéia, de ligar para o Anderson para ver que horas e que local seria o ponto de encontro do TDP, pois eles estavam indo para o Rio, pois tinham um show lá!

Depois de conversado, olhamos para relógio e então decidimos SUBIR a serra e encontrar os meninos, mas antes resolvemos criar uma histórinha para deixa-los felizes. Contariamos a todos que iriamos juntos para o Rio de Janeiro, COM ELES. Bem, saimos de SV eram umas 11:56 e logo já estavamos em Sampa, ficamos procurando o tal posto em reforma, mas depois de umas voltinhas CHEGAMOS.
Não sei isso é qualidade ou defeito, mas chegamos cedo e isso é sempre muito raro. Ficamos dentro do carro aguardando um pouco quando o Thiagão chega, então já não estavamos mais SÓ, agora só restava esperar a longa demora dos "atrazadinhos"... Passando algumas horas chegam todos, e ficamos lá esperando não sei bem o que. Era engraçado olhar a cara de todos eles que se perguntavam constantemente se iriamos mesmo, porque falamos que era somente uma que diriga, e a viagem era só de 9 horas, eles já estavam muitos preocupados com a Fabi, tadinhos!

Eles ficaram em xoque, mas a mentira estava feita e estavamos com dó de desmentir, eles foram até o carro ver que tinha travesseiro e tudo, tadinhos. Enfim, resolvemos ir atrás do onibus um pouco e depois ligariamos no cel dos meninos e informariamos que era brincadeira, mas como nós mesmos já estavamos acreditando que iamos de tanto mentir, achamos melhor dizer para eles que desistimos por causa do tempo de viagem, e não tinhamos reservado hotel algum.

Só que logo que o onibus saiu e fomos atrás, os mocinhos em plena 2:20 da manhã me resolvem parar para me fazer um lanchinho e que seria breve. Porém logo abaixo você verá o breve desses mocinhos, onde eram examente 3:24 e ainda estavamos na mesma padaria. rs

Enfim, nos divertimos demais, conversas, risadas, piadinhas, choros, beijos, abraços, as mesmas coisas de sempre. Pena que não deu mesmo para irmos para o Rio, mas hoje o Fabiano disse que foi a melhor coisa que fizemos, pois o onibus demorou quase 12 horas para chegar e pegaram a pior chuva de todos os tempos, e a minha motorista não merecia isso né!

Tudo bem que pra muitos falar do TDP já enjuou, mas prometo parar, é que fazia muito tempo que outro grupo, a não ser sempre os mesmos, não entrava nas nossas vidinhas dessa tal maneira. Bom amanhã (05/02) ou hoje, tem Turma do Pagode aqui em Santos, então com certeza seremos zuadas, porque pipocamos de novo o RJ, mas valeu a pena e muito subir a serra pra dar um beijos ns pretinhos, e nos branquinhos não é mesmo dona Alaine! s2
Pra quem nao conhece o som dos caras, por favor vá ver o show deles no Royal Mercurio, vocês irão amar, mesmo porque quem curte um BOM pagode, sabe que os caras mandam muito, INVEJADA essa batucada, QUEBRA TUDO FABIANOOOOO!!!!!!

Forever s2


"...a gente já sabia que o nosso amor era eterno, mas queriamos mesmo registrar isso e deixar marcado para sempre, podia escrever muita coisa aqui, mas acho que nem é necessário legenda, amo vocês demais e sempre, AGORA MAIS DO QUE NUNCA isso estará registrado em nossas peles e mente... Obrigada por existirem em minha vida, doeu mas VALEU A PENA..."

domingo, 3 de fevereiro de 2008

Animada


"...Eu estou acordada há algum tempo agora, você fez com que eu me sentisse como uma criança agora, porque toda vez que eu vejo seu rosto animado, eu sinto um arrepio num lugar bobo. Começa na ponta dos meus pés, me faz enrugar o nariz para onde for, eu sempre sei que você me faz sorrir. Por favor, fique por um instante agora, não tenha pressa, em qualquer lugar que você vá. A chuva está caindo no vidro da minha janela, mas nós estamos nos escondendo em um lugar seguro debaixo das cobertas, ficando secos e quentes. Você me dá sentimentos que eu adoro. O que eu vou dizer, quando você faz com que eu me sinta desse jeito? Eu apenas.........
Já faz um tempo que eu adormeci, você me cobriu como uma criança agora, porque toda vez que você me segura em seus braços, eu fico confortável o bastante para sentir o seu calor. Começa na minha alma, e eu perco todo o controle, quando você beija o meu nariz, o sentimento aparece, porque você me faz sorrir. Baby, não se apresse, qnquanto você me abraça forte, em qualquer lugar, em qualquer lugar, em qualquer lugar que você vá...Em qualquer lugar, em qualquer lugar, em qualquer lugar que você vá..."

sábado, 2 de fevereiro de 2008

Iemanjá!


No Brasil, Iemanjá é um orixá dos mais populares e reverenciados do Candomblé, Batuque, Xambá, Xangô do Nordeste, omoloko e Umbanda e mesmo por fiéis de outras religiões.

Yemanja - escultura de Carybé em madeira, em exposição no Museu Afro-Brasileiro, Salvador, Bahia, Brasil
Uma das maiores comemorações em honra à Iemanjá ocorre no último dia do ano em várias praias do litoral brasileiro. Antes e após a queima de fogos da passagem do ano, os devotos fazem oferendas à Rainha do Mar, um dos títulos pelos quais Iemanjá é saudada. Eles a presenteiam com flores, perfumes, velas e mimos de todos os tipos, tanto na areia da praia, quanto nas ondas do mar.

" Iemanjá, rainha do mar, é também conhecida por dona Janaína, Inaê, Princesa de Aiocá e Maria, no paralelismo com a religião católica. Aiocá é o reino das terras misteriosas da felicidade e da liberdade, imagem das terras natais da África, saudades dos dias livres na floresta (Jorge Amado,1956;137)"

Janaina: Esse é um dos nomes de Iemanjá, a deusa do mar e protetora das mães e das esposas. Indica uma pessoa que, num primeiro momento, dá a impressão de ser arrogante. Mas por trás dessa aparência esnobe se esconde uma personalidade bondosa e protetora. Do tupi-africano "sinônimo de Iemanjá".
A tradicional Festa de Iemanjá na cidade de Salvador, capital da Bahia, tem lugar na praia do Rio Vermelho todo dia 2 de Fevereiro. Na mesma data, Iemanjá também é cultuada em diversas outras praias brasileiras, onde lhe são ofertadas velas e flores, lançadas ao mar em pequenos barcos artesanais. Uma das maiores festas ocorre em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, devido ao sincretismo com Nossa Senhora dos Navegantes.
No dia 8 de dezembro, outra festa é realizada à beira mar baiana: a Festa de Nossa Senhora da Conceição da Praia. Esse dia, 8 de dezembro, é dedicado à padroeira da Bahia, Nossa Senhora da Conceição da Praia, sendo feriado municipal em Salvador. Também nesta data é realizado, na Pedra Furada, no Monte Serrat em Salvador, o presente de Iemanjá, uma manifestação popular que tem origem na devoção dos pescadores locais à Rainha do Mar - também conhecida como Janaína.
A festa católica acontece na Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, na Cidade Baixa, enquanto os terreiros de Candomblé e Umbanda fazem divisões cercadas com cordas, fitas e flores nas praias, delimitando espaço para as casas de santo que realizarão seus trabalhos na areia.
No Brasil, Iemanjá na versão de Pierre Verger, representa a mãe que protege os filhos a qualquer custo, a mãe de vários filhos, ou vários peixes, que adora cuidar de crianças e animais domésticos.

Nostalgia

"...bota o tambor prá tocar , geral no embalo ....esse batuque é funk..."

Bom o carnaval começou, mas aqui dentro de "mim" nada mudou, alias as coisas continuam mais normais do que nunca, sem animo para bloco, festinhas e bebemorações. Trabalhei normalmente com todos me contando como seria o final de semana e suas viagens, e eu como sempre aqui em Santos, mas prometo e como toda promessa será cumprida, se Deus quiser em 2009 não estarei aqui, se não, não me chamo mais Helen Viana.

Ontem depois de chegar do trabalho olhei para o meu quarto e decidi fazer uma faxininha dentro do meu guarda-roupa onde guardo as minhas fotos, livros, agendas e BAGUNÇA. Isso mesmo, não sabia como tinha tanta bagunça acumulada num só lugar, e olha que sempre que limpo esse mesmo lugar sae a mesma quantidade de lixo, mas fico com dó de jogar algumas coisas fora. E não é que ontem aconteceu a mesma coisa, sempre mexo, mexo e mexo, e continuo do mesmo jeitinho!

Achei tanta coisa que ria sozinha de lembrar, encontrei agendas de 2003 e 2004, nossa eu escrevia todos os dias, não é que eu tive uma "paixonite virtual", sim sim, essas de achar que você vai morrer se não conhece-lo, de ligar quase todos os dias, de esccrever cartas de amor, manda-las pelo correio, com meu perfume favorito ou dar ataques de loucura sobre ciuminhos bobos, ainda bem que naquela época não existia o orkut, e msn ainda era novidade, a onda era mesmo ICQ, e como me divirtia com isso, pena que o rapaz era do Rio e até hoje não sei quem ele é pessoalmente. Em falar nele, nos encontramos novamente ai pelo mundo virtual, e não é que ele também tinha rádio, engraçado nós nos comunircamos agora, estranho até, mas fiquei feliz de encontrar um rapaz que eu disse que um dia "gostei", hoje vimos o quanto crescemos, colocamos o papo em dia e foi engraçado saber de tudo que passamos todos esses anos. Com certeza mais pra frente quero conhece-lo, e se possivel que o mesmo esteja sem as lentes de contato para a primeira impressão. Afinal, não mudei muita coisa! rs

Lendo também as minhas agendas vi o quanto estava presente no meu dia-a-dia um dos amigos que hoje eu sinto muita falta, éramos unha e carne. Todos os lugares juntos, ele estudava em SP e era engraçado e cômico quando ele queria descer mas não ir para casa, e então ele dormia aqui escondido. Ou quando ficavamos até tarde no tel, ele realmente foi e sempre será uma pessoa totalmente inesquecivel em minha vida. Aprendi tanto com ele, essa também foi um dos meus planos, o encontrar novamente, isso não foi tão dificil, porque ele não morava no Rio, pelo contrário, era pertinho. O achei no orkut e escrevi um e-mail, gostei de saber que ele se casou com a pessoa que ele realmente sempre amou, de saber que trabalha com o que gosta e etc. Infelizmente a vida nos prega peças e nos faz perder coisas importantes que jamais voltará a ser como antigamente, mas fico feliz de saber que se eu o encontrar novamente na rua, irei abraça-lo sem nenhum constrangimento de não ser recíproco.

Folheando ela, encontrei tantos folhetos de matinê, como as frequentava, Jesus amado, era todos os domingos o mesmo dinheirinho separado para a tarde com amigos e mais uns trocados para as raspadinhas....rs Era People, millenium, breezy e pelikkano´s, sobre a minha menor idade não tenho do que reclamar, mesmo porque já tinha o meu R.G. Falso para frequentar o forró. Forró, nossa como eu amava também as minhas sextas-feiras, fora na semana que não deixava um diazinho sem entrar no forum do Circuladô de Fulô, onde fiz amigos que até hoje tenho contato. Amigos esses que me fizeram fazer umas das mais loucuras por forrós de finais de semana, bate e volta em SP eram sempre muitos engraçados, com companhia da Karen, ou as vezes sozinha. Quando sozinha, o ponto era sempre perdido, mesmo porque depois de uma ótima baladinha de forró em sampa, a volta era sempre acompanhada de muito sono. Outra fase muito bem aproveitada da minha vida.

Foi dentro de uma das caixas que guardo todas as cartas e qualquer papelzinho que achava importante que achei uma foto com o ex, é foi nessa mesma época que tive o meu primeiro namoro, ainda era uma criança (coisa que ainda não deixei muito de ser), mas foi ai que aprendi muito com ele, onde conheci muitas pessoas, uma familia que me acolheu como nenhuma outra, onde passei na menininha com pessamentos em boneca, para outros já de adultos, foi nessa fase que passei da adolescência, me diverti demais com os passeios de casais, almoço de finais de semana, cinema, namorado em casa o final de semana. Infelizmente vimos que a nossa amizade era muito maior do que o sentimento que sentimos um pelo outro, e por isso depois de muito sofrimento vimos que a melhor escolha foi estarmos separados e como amigos. Fico feliz de hoje ter uma relação amigavel com a familia e com ele, mesmo porque foi uma pessoa que querendo ou não passou na minha vida!

Indo um pouquinho mais fundo na caixa e nas recordações, encontrei as fotos! Eu acho (uma opinião minha, claro), que o único objeto eletronico que não deveria passar por essa modificação e modernização era as máquinas fotograficas. Caramba, é tão triste saber que depois de qualquer probleminha no seu HD você perde praticamente toda a sua vida em questão de segundos. É tão gostoso poder toca-las e lembrar do que viveu, da cor que não são mais tão nitidas como hoje, mas nos faz viajar tão longe. Encontrei muitas, milhões de fotos. Época dos "Travessos" onde não deixava um show, uma reunião ou um aniversário deles, tantas fotos, encontrei até os negativos para revelar, porque como eramos muito fã dos "caras" pegavamos os negativos das outras meninas no fã-clube para ter também as fotos.

Fotos do pessoal do cólegio, dos amigos que infelizmente depois do fim do ano se dispersaram, algumas pessoas graças a Deus ainda mantemos contato, outras nem tanto, outras se mudaram de cidades, outras o orkut fez questão de nos reaproximar novamente. Isso me fez lembrar muitas e muitas coisas que foram ótimas na minha adolescência. Os passeios, as reuniões que faziamos para saber os papos que todas as meninas tinham curiosidade de saber, hoje eu vejo como éramos mesmo bem infantis, mas era uma época muito gostosa.

Mas as fotos que me fizeram mesmo pensar e sentar aqui pra escrever esse post todo foram as fotos antigassas. Claro que um dia (se tiver coragem) eu vou coloca-las aqui, e por favor não reparem nas rouuupitchas ou nos cortes de cabelo, os tempos mudaram e eu agradeço muito por isso! Fico pensando o que seria hoje da minha vidinha sem uma chapinha ou sem as mudanças de roupas! rs

Fiquei vendo as fotos com os meus primos, as fotos quando eu era uma pitchulinha, de como eu já tinha umas pernas tão gordas como as de hoje, como eu fofinha( não mudei muito), dos lugares de onde eu vim, e de onde eu nasci. É, não era um lugar que lembro de muitas coisas, mesmo porque sai de lá eu tinha apenas 11 anos, mas foi uma época boa também. Conheço pessoas de todas as classes, morava numa vila praticamente da familia silva. A cada quarteirão se encontrava uma ou mais familia que era meus parentes. Meus primos que não eram poucos. A vó Alice não polpou filhos, hehehehehe, ela teve 10 filhos e hoje tenho por volta de 25 primos SÓ de primeiro grau. Juntando a familia toda com certeza era sempre festonas. Não faziamos isso com frequência mesmo porque INFELIZMENTE a nossa familia não era muito unida. Mas a familia era grande mesmo.

Encontrei fotos com a minha outra familia, familia essa que não era de sangue mas era muito mais que familia, encontrei fotos de como eramos unidos desde de pequenos, com meus padrinhos, seus irmãos, as viagens que sempre faziamos para caçapava e afins. Fiquei lembrando da Si que todo final de tarde tinha lanchinhos com leite quente, do meu fofão que eu ganhei dela, da "quase" irmã que morou com a gente. Hoje ela já tem filhos e uma delas muito grande que acha meu irmão uma graça que me escreve sempre que entra no msn que ele está lindo, modesta a parte isso é de familia! rs

Depois de todas essas recordações, esqueci de dizer que a arrumação não ficou por conta de um dia, mesmo porque isso é sempre um defeito meu, começar e nunca terminar nada. Ontem tentei ver as escolas de samba de SP e não vi nem metade da gaviões, tentei assistir um filme com meu pai que também não vi nem 20 minutos e tentei terminar essa arrumação/zona toda, mas não consegui e parti para o sono, esse sim comecei e terminei direitinho.

Hoje acordei e olhei para o quarto e fiquei morrendo de preguiça de voltar a arrumação toda, mesmo porque olhei para a janela e vi o sol que estava fazendo lá fora e porque ainda continuando morando numa cidade praiana, mas enfim, voltei para o meu mundinho de recordações e a volta da arrumação. Claro que isso eu comecei fazer umas 12:00 e terminei quase 4 da tarde, MAS TERMINEI, graças a Deus, mesmo porque depois de tanta nostalgia o guarda-roupa precisa de um cheirinho.

Depois que terminei de arrumar o quarto inteiro e pular alguns minutos de corda (INTERNA), resolvi sentar no sofá e ver algum DVD. Então como a preguiça estava grande, mandei rodar o que já estava lá dentro para não ter se levantar para trocar, e por coincidência comecei a assistir o DVD do Racionais' MC... Isso também me fez recordar muitas coisas, minha origem, o lugar onde eu morava, lá quase todos escutavam esse som, e era meio o que era vivido ali. Eu adoro Racionais, é um RAP verdadeiro que sempre diz realmente o que a sociedade precisa escutar. Pena que para uma coisa dessas entrar na mídia é preciso MUITO "jabá", mas os "mano" sabem como entrar na mente das pessoas passando suas experiências vividas, atitudes que os fizeram pensar nas consequências onde perderam vários amigos, ou coisas que se hojem ainda estivessem praticando talvez não estivessem mais aqui entre a gente.

Pois é, música tachada para a classe baixa, da ZL, e dos menos favorecidos, mas diz a realizade! Onde essas mesmas pessoas escutam um funk, claro que falar do funk eu já não gosto muito porque hoje em dia é muito vulgarizado. Não vou dizer que em uma festa quando toca, ou aquelas modinhas eu não dance, mas não é uma coisa que me apetece.

Enfim, depois de ouvi-lo e prestar muito MAIS atenção nas letras de um lugar que eu morei pude ver como era realmente a realidade. Nem sempre todos se salvam, ou querem sair dessa vida, mas a vida é dura e é sempre preciso se esforçar uma pouquinho para se livrar. Vou colocar uma música que eu prestei atenção pacas na letra, já a conhecia, mas ela é muito mais interessante se você parar para pensar nela realmente.

Vou ficando por aqui, tentar mais uma vez, ver a segunda noite de carnaval de Sp, amanhã informo se consegui. Bom carnaval, bebam com moderação. Se for dirigir não beba, se for beber me chame, ehehehehehehe, e usem camisinha! ;))

Vou colocar as fotos que tirei hoje da minha "zoninha"...rs




FÓRMULA MAGICA DA PAZ




(Brown)

Essa pôrra e um campo minado.
Quantas vezes eu pensei em me jogar daqui, mas, aí, minha área é tudo o que eu tenho.
A minha vida é aqui e eu não consigo sair.
É muito fácil fugir mas eu não vou. Não vou trair quem eu fui, quem eu sou.
Eu gosto de onde eu vou e de onde eu vim, ensinamento da favela foi muito bom pra mim.
Cada lugar um lugar, cada lugar uma lei, cada lei uma razão e eu sempre respeitei, em qualquer jurisdição, qualquer área.
Jardim Santo Eduardo, Grajaú, Missionária. Funxal, Pedreira e tal, Joaniza.
Eu tento advinhar o que você mais precisa. Levantar sua "goma" ou comprar uns "pano", um
advogado pra tirar seu mano. No dia da visita você diz que eu vou mandar cigarro pros maluco lá no X.
Então, como eu tava dizendo, sangue bom, isso não é sermão, ouve aí: tem o dom?. Eu sei como é que é, é foda parceiro, Hee, a maldade na cabeça o dia inteiro.
Nada de roupa, nada de carro, sem emprego, não tem IBOPE, não tem rolê sem dinheiro.
Sendo assim, sem chance, sem mulher, você sabe muito bem o que ela quer (HEE....).
Encontre uma de caráter se você puder. É embaçado ou não é?
Ninguém é mais que ninguém, absolutamente, aqui quem fala é mais um sobrevivente.
Eu era só um moleque, só pensava em dançar, cabelo BLACK e tênis ALL STAR.
Na roda da função "mó zoeira!" Tomando vinho seco em volta da fogueira.
A noite inteira, só contando história, sobre o crime, sobre as treta na escola.
Não tava nem aí, nem levava nada a sério. Admirava os ladrão e os malandro mais velho. Mas se liga, olhe ao seu redor e me diga: o que melhorou? Da função quem sobrou?

Sei lá, muito velório rolou de lá pra cá, qual a próxima mãe que vai chorar?
Há! Demorou mas hoje eu posso compreender, que malandragem de verdade é viver.
Agradeço a DEUS e aos ORIXÁS, parei no meio do caminho e olhei pra trás.
Meus outros manos todos foram longe de mais: Cemitério São Luis, aqui jaz.
Mas que merda! meu oitão tá até a boca, que vida louca! Por que é que tem que ser assim?
Onti eu sonhei que um fulano aproximou de mim, "agora eu quero ver ladrão, pá! pá! pá! pá!", Fim. É... sonho é sonho, deixa quieto. Sexto sentido é um dom, eu tô esperto.
Morrer é um fator, mas conforme for, tem no bolso e na agulha e mais 5 no tambor.
Joga o jogo, vamo lá, caiu a 8 eu mato a par. Eu não preciso de muito pra sentir-me capaz de
encontrar a FÓRMULA MÁGICA DA PAZ.

Eu vou procurar, sei que vou encontrar, eu vou procurar,
eu vou procurar, você não bota mó fé, mas eu vou atrás(Eu vou procurar e sei que vou encontrar) da minha FÓRMULA MÁGICA DA PAZ.

Eu vou procurar, sei que vou encontrar
Procure a sua(eu vou procurar, eu vou procurar, você não bota mó fé...)
Eu vou atrás da minha(você não bota mó fé) (Eu vou procurar e sei que vou encontrar)

Caralho! Que calor, que horas são agora? Dá pra ouvir a pivetada gritando lá fora.
Hoje acordei cedo pra ver, sentir a brisa de manhã e o Sol nascer.
É época de pipa, o céu tá cheio. 15 anos atrás eu tava ali no meio.
Lembrei de quando era pequeno, eu e os cara... faz tempo, faz tempo, E O TEMPO NÃO PARA.
Hoje tá da hora o esquema pra sair, é... vamo, não demora, mano, chega aí!
"Cê viu onti? Os tiro ouvi de monte! Então, diz que tem uma pá de sangue no campão.
" IH, mano toda mão é sempre a mesma idéia junto: TRETA, TIRO, SANGUE, aí, muda de assunto.
Traz a fita pra eu ouvir porque eu tô sem, principalmente aquela lá do Jorge Ben.
Uma pá de mano preso chora a solidão. Uma pá de mano solto sem disposição.
Empenhorando por aí, rádio, tênis, calça, acende num cachimbo...virou fumaça!
Não é por nada não, mas aí, nem me ligo ô, a minha liberdade eu curto bem melhor.
Eu não tô nem aí pra o que os outros fala. 4, 5, 6, preto num Opala.
Pode vir GAMBÉ, PAGA PAU, tô na minha na moral na maior, SEM GORÓ, SEM PACAU, SEM PÓ. Eu tô ligeiro, eu tenho a minha regra, não sou pedreiro, não fumo pedra.
Um rolê com os aliados já me faz feliz, respeito mútuo é a chave é o que eu sempre quis(diz...). Procure a sua, a minha eu vou atrás, até mais, da FÓRMULA MÁGICA DA PAZ.

Eu vou procurar, sei que vou encontrar
Eu vou procurar, eu vou procurar
você não bota mó fé..., mas eu vou atrás....
(Eu vou procurar e sei que vou encontrar)
Da FÓRMULA MÁGICA DA PAZ

Eu vou procurar, sei que vou encontrar
Eu vou procurar, eu vou procurar
você não bota mó fé..., mas eu vou atrás....
(Eu vou procurar e sei que vou encontrar)

Choro e correria no saguão do hospital. Dia das criança, feriado e luto final.
Sangue e agonia entra pelo corredor. Ele tá vivo! Pelo amor de DEUS Doutor!
4 tiros do pescoço pra cima, puta que pariu a chance é mínima!
Aqui fora, revolta e dor, lá dentro estado desesperador!
Eu percebi quem eu sou realmente, quando eu ouvi o meu sub-consciente:
"E aí mano Brown CUZÃO? Cadê você? Seu mano tá morrendo o que você vai fazer?".
Pode crê, eu me senti inútil, eu me senti pequeno, mais um cuzão vingativo(mais um). Puta desespero, não dá pra acreditar, que pesadelo, eu quero acordar.
Não dá, não deu, não daria de jeito nenhum, o Derlei era só mais um rapaz comum!
Dali a poucos minutos, mais uma Dona Maria de luto! Na parede o sinal da cruz.
Que porra é essa ? Que mundo é esse ? Onde tá JESUS ? Mais uma vez um emissário não incluiu CAPÃO REDONDO em seu itinerário. Pôrra, eu tô confuso. Preciso pensar.
Me dá um tempo pra eu raciocinar. Eu já não sei distinguir quem tá errado, sei lá, minha
ideologia enfraqueceu. PRETO, BRANCO, POLÍCIA, LADRÃO OU EU, quem é mais filha da puta, eu não sei!
Aí fudeu, fudeu, decepção essas hora... a depressão quer me pegar vou sair fora.
2 de Novembro era finados. Eu parei em frente ao São Luis do outro lado e durante uma meia hora olhei um por um e o que todas as Senhoras tinham em comum: a roupa humilde, a pele escura, o rosto abatido pela vida dura.
Colocando flores sobre a sepultura. ("podia ser a minha mãe").
Que loucura. Cada lugar uma lei, eu tô ligado. No extremo Sul da Zona Sul tá tudo errado.
Aqui vale muito pouco a sua vida. A nossa lei é falha, violenta e suicida.
Se diz que, me diz que, não se revela: parágrafo primeiro na lei da favela. Legal...
Assustador é quando se descobre que tudo dá em nada e que só morre o pobre.
A gente vive se matando irmão, por quê ? Não me olhe assim, eu sou igual a você.
Descanse o seu gatilho, descanse o seu gatilho, entre no trem da malandragem, o meu RAP é o
TRILHO.

VOU DIZER....

Procure a sua paz....Pra todas a famílias ai que perderam pessoas importante morô meu!!!!
(Eu vou procurar e sei que vou encontrar)
Procure a sua Paz(Paz....)
Não se acostume com esse cotidiano violento, Que essa não é a sua vida, essa não é a minha vida
morô mano!!!!
Procure a sua paz....

Você pode encontrar o seu INFERNO!!!!
A FÓRMULA MÁGICA DA PAZ........!
(Eu vou procurar e sei que vou encontrar)

eu prefiro a P A Z ! ! ! ! ! !

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Sonhos?!

"....Já não há mais muito tempo pra sonhar..."

Tem dias em que acordo me sentindo tão vazia que eu gostaria de nunca ter nascido. Meus sonhos estão na UTI. Tudo que eu amo desaparece. O tempo voa enquanto finjo me divertir mas a verdade é que eu nem sei porque estou aqui. Não sei se ja estive antes. Não sei por mais quanto tempo estarei. A minha casa anda tão suja e bagunçada: roupas pelo chão, pilha de louça pra lavar, pia do banheiro entupida, teias de aranha pelas paredes e muito pó - por todo lugar. O tempo voa enquanto tento lavar os pratos, varrer os pensamentos mórbidos, desentupir o coração e colocar o lixo pra fora. Meus sonhos estão na UTI e tudo o que eu amo desaparece. Tem dias em que acordo me sentindo tão vazia que eu gostaria mesmo de nunca ter nascido pro mundo.

FOTOS DO FDS

FALTOU FOTOS DO AP, MAS FDS FOI MARAVILHOSO, FODA DEMAIS!!!
AMOOO TODOS VOCÊS!
S2
VAI MISTURAAAAAAAAAA

PRIMEIRA PARADA - POSTO



MENINOS SAPECAS





FOTO DO SHOW




RUBINHO




FILÉ





FABIANO

Final de semana - PASSADO

Já estamos chegando em outro final de semana , e não é que me esqueci de vir aqui escrever sobre o final de semana que passou, foi bem divertido, e com pessoas totalmente inusitadas!

Sexta - feira: estavamos quase perdemos as esperanças como é sempre de lei, quando recebo um telefonema da Fabiana me dizendo que estaria descendo, isso já eram umas 10 horas da noite, comecei a pensar no que fariamos, mas ela como já tem tudo planejado, me ligou novamente e disse que iamos para o A.P dos meninos em praia grande! Começa então a arrumação da Aline e da Helen, e a ansiedade para a espera da tão chegada Fabiana. rs

Acredito que por volta das 12:30 a prima me liga e diz que está em frente a rodoviária e que eramos para descer para não perdemos tempo, pois os meninos ainda queriam passar no mercado para fazer compras para o final de semana, claro, eles sempre precisam de ajudas femininas porque são muitos fraquinhos nesses aspectos, tirando meu pai claro que sempre faz compras e feira como nenhum homem já visto.

Pois bem, aguardamos a fabiana e logo ela chega, sim sim, com o Kaiê e Eric. Que saudades estava desses meninos, são bem parecidos com a gente, curtimos as mesmas coisas, e afinal conseguimos nos divertir dentro de um apartamento mesmo sem nada pra fazer. Claro que em algumas situações eles me irritam demais, por exemplo: matar uma barata sobrou pra mim, porque os mocinhos resolveram sair correndo para o quarto pois tinham nojo! Já viu homem mais nojento que isso! rsrrs

É conversa vai conversa vem e nada dos "drinks deliciosos" do Eric ficarem gelados, ahh esqueci de dizer que a geladeira fica desligada, então iriamos esperar mais ou menos umas 4 horas para gelar todas as compras, comidas, e bebidas! Por fim, o eric tem a BRILHANTE ideia de tomar os mesmos drinks QUENTES.. Isso mesmo gente, vodka com suco QUENTE! Ah jesus, aquilo me desceu totalmente rasgando a garganta, mas ao som de Carlos Bronson, nos divertimos muito. (Consegui fazer alguem de sampa escutar CB, eles amaram e querem um cd tb..).

Ficamos na sala conversando e nem vimos a hora passar, só sabiamos que estava clareando pois não precisavamos mais da luz artificial da casa, e estavamos com todas apagadas.Riamos tão alto que tinhamos medo de acordar os vizinhos, mas para a minha sorte os meninos disseram que na porta da frente nunca tem ninguém, então as gargalhadas continuaram, até meu celular tocar e receber uma ligação da minha mãe:

-ONDE VOCÊ ESTÁ?!

Olhei no relógio e desacreditei do horário, eram exatamente 7:30. Nem vimos as horas passar mas comemos uns pães, e fomos embora. Detalhe que fiquei morrendo de dó porque eles compraram pao para o final de semana, e a aline, helen e fabiana comeram TODOS! Chegamos em casa e fomos dormir mesmo porque estavamos com sono.
Como sempre a diversão foi garantida.


Sabádo: Acordamos por volta as 12:00. Tinhamos que correr porque como sabiamos (ou achavamos que sabiamos) a fabiana não desceria e tinhamos outros programas onde ela seria incluida agora! Levantamos e isso é sempre um sacrificio, pois levantar é sempre o mais fácil, dificil mesmo e ficar ao estado normal após o sono que não foi muito longo como todos os sabádos. Almoçamos e então partimos para a nosso programa. Passamos na casa do gui para pegar o babum, o destino era a casa do Guigols, uma cervejada que como sempre é tão "chata" rs
Depois da casa do gui fomos até o pão de açucar comprar umas bebidas e eu como sempre namorando a minha vodka, que quando cheguei lá nem precisei ficar triste, mas eu já chego lá! rs
Ligamos para a Kika e perguntamos se queria que levasse algo para ela, ela disse que ela mesmo passava no mercado mas eramos para pegar ela juntamente com o mielle. Depois de todas as compras feitas, cigarros tudo em ordem, lá vamos nos para mais uma festinha na casa do guigols (ah não tiramos muitas fotos, se não as colocava aqui). Bem eu como não sou nem um pouquinho amante de cerveja, bebi umas ICE e como sempre o meu grande amigo mielle me acompanhando bebemos as caiporoska e vodka com suquinhos rsrs
Ahhh só de olhar aquele isopor já estava ficando bebada, não parava de chegar cervejas e e o povo nem estava bebendo tanto.

Foi bem divertido, rimos muito com a contagem de aline helen e fabiana para os curiosos de plantão: Babum e Gui.

Decidimos ir embora porque ainda queriamos sair a noite. É disse bem, queriamos né?! Porque chegamos em casa e capotamos só iamos acordar no domingo.

Domingo: Como sempre as mocinhas preguiças demoraram uma carinha para levantar, enquanto a aline foi ao mercado com a mãe, eu e a fabi demos uma ajeitada em casa, e aguardamos a aline chegar para decidir onde iriamos, claro que essa já estava com tudo planejado na cabeça, porque ela não iria ficar mais um final de semana sem ver Fabiano Art, mesmo porque perdemos o show de SV.

Sim sim, mais um final de semana com turma do pagode nao iria prestar. Pena que dessas vez os meninos de PG atrazaram (como sempre fazem né). O Fabiano nos chamou no rádio eram umas 2:30 da tarde dizemos que estavam em P.G então pensamos em sair de casa as 3:00. É até conseguimos sair esse horário, o problema é que a fabiana ia ter que voltar logo para sampa porque tinha compromisso, e os meninos ainda tinham que tocar n Santu. Pois bem, chegamos na P.G 4:00 e perguntamos para o Anderson onde estava os meninos e eles estavam no quiosque, vendo o jogo, INFELIZMENTE todos eles são Corinthianos, mas tudo bem, a gente releva! E o pior era que nem podiamos falar de futebol pois eles eram fanáticos e não queriamos criar briga, muito menos com o Leiz... rsrs

Ah os meninos não queriam fotos de paparazzo, mesmo porque eles estavam ali como anonimos em plena praia grande onde quase todo mundo já ouviu as músicas deles mas ninguém sabia quem eles eram. Tá o rubinho deixou eu tirar uma fotenha dele comendo cebola, e o fabiano fumando seu cigarrinho. Ainda brinquei com o Leiz, é gato, daqui a pouco você não vai poder mais andar assim na praia, muito menos na rua, todas as meninas vão estar te agarrando, e o fabiano engraçadinho como sempre, diz que ele ele estará velho e nem sucesso mais vai fazer. Ri demais com esses palhaços, ai que saudades! Depois da SUPER porção de cebola, eles têm que ir para o palco que já estava montado a uma carinha, pois o Nuwance já tinha acabado faz tempo, mas eles estavam curtindo aquela vida boa como anonimos! Vimos o show inteiro, bem longe, mesmo porque aquelas garotas não podem ver uns homens em cima do palco que já começam gritar, nunca vi igual. Fomos embora mesmo porque a fabi tinha compromisso as 7 em sampa e 6:30 estavamos na P.G ainda.. e o Kaie todo "pontual" tinha que estar para tocar no santuário as 8:00. Resumindo, ninguém chegou no horario, o Kaie recebeu palmas do santu inteiro, a fabi perdeu o compromisso dela, e o eric com certeza deve ter ido dormir.

Eu ainda arrisquei dar uma volta de carro com as meninas, a Cah e a Bia, e como sempre causamos que dou risada até agora dessas loucas, a bia não quis ficar muito tempo. Então levamos ela em casa e depois fomos até a porta do manus ver o Alex do mistura que não parava de chamar no rádio também, a Fran falou com a Tássia e conseguiu nos colocar para dentro, tudo bem que foi de graça, mas perdemos 5 reais cada né Cah, com a aposta da aline, essa palhaça!

Ai ai, mais um final de semana bem divertido, é as férias estão acabando, tudo volta ao normal, mas essas coisas?! Jamais serão esquecidas, contarei aos meus netos um dia!

As fotos vêm no próximo POST!