quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Caos do bem

Estava me recordando agora das tendas do ano passado que se encontravam na orla da praia, em época de final de ano e temporada. Não teve aquele 'burburinho' e nem se quer foi tão frequentada como ano passado, não chegou nem perto daquela quantidade de pessoas que sairam de suas casas em semana de 'chuvas-de-verão' e muito menos foi prestigiada pela trupe que recebemos aqui em Santos.

Ah, me bateu uma saudade tão grande (não sou aquelas fãs fanaticas), mas TM me faz tão bem. Queria sentir de novo aquele abraço gigante de pessoas que jamais iria ver novamente, ou então sair atrás de um trenzinho com as mãos nos ombros de alguém cujo está com o mesmo proposito que eu, FOLIA! Aquela polvorosa aglomeração de pessoas que buscam na arte circense uma maneira de encarar a realidade com outra forma de vida.

Me diz que você nunca teve voltande de sair ai andando pela rua fazendo bolinha de sabão ou com um nariz de palhaço (isso eu tenho quase sempre, afinal o que mais andam fazendo ultimamente é o povo de palhaço), mas enfim... Magia, Amor, Encanto, Música, Teatro, Arte, Riso, Saudade. É tanta coisa 'numa coisa só' que fica literalmente impossivel de se explicar, mesmo você ai querendo entender.

Só queria um desses neste final de semana, ou um dois por semana, talvez três que ficaria até mais leve. Algumas pessoas sabem da sensação que eu sinto quando saio de lá, outros só saberão quem conhecer. Outros jamais saberão porque eles nem os mesmos são mais, porém ainda resta uma esperança que tudo volte ao normal e possamos ver novamente e sentir mais do que nunca a energia que o Teatro Mágico nos passa. Ê saudade!

E continue sempre, amanhecendo cada vez mais forte, RAROS!!