quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Paz e amor

"porque se nada der certo, eu viro hippie"
Ele mostrou-se diferente, mas quem foi que disse que nessa cidade rostinho bonito também não tem cuca no lance? Quem disse que ele não queria fazer aqueles programas bem alternativos que não gastasse mais que 15 reais, ou então viver no ano de 1989. O triste é que nossa sociedade não sai do papel, nem dos miserros integrantes. A nossa balada PUB ALTERNATIVA jamais chegará a Santos, e os luais, teatros e cinemas continuaram vazios, as baladas de 'psy' e afins continuarão abarrotadas de gente pagantes, pelo pequeno precinho de 90 reais para somente sorrir lá dentro. Não que o problema seja a classe social de cada um (mesmo isso já sendo um problema), mas a minha cidade anda meio fútil ultimamente(não que eu seja totalmente útil), mas queria me sentir assim, defender algo, lutar por alguma coisa, pelos meus direitos, pela desigualdade social, sei lá... Acordei filosofando hoje, e não acordei assim SOZINHA, não é Aline e Vinicius! Largaremos um dia tudo isso para curtir a nossa leitura debaixo da arvore na praia a noite! Conto com vocês 'abiiiguinhos'. rs