quinta-feira, 24 de abril de 2008

O MEDO DO FIM

Posso sim
quem não pode não está afim
longe de mim
Tudo está ao alcance de quem quer lutar
pra conseguir
e se um dia eu puder
não esperarei nada em troca
luto pela minha alegria
vou ser feliz como der
e essa é a minha vitória
felicidade é sabedoria
O medo do fim
não faz mais efeito em mim
o prazer de recomeçar
paira sobre um clima sublime
que está pelo o ar
Posso sim
quem não pode vai temer o fim
longe de mim
Penso mais
meus problemas ficam para trás
já resolvi
To pronto pro que vier
e não me abalarei com as derrotas
o mapa do sucesso me guia
estando onde estiver
não deixe de lutar pelo que se quer
não deixe de viver mais um dia
O medo do fim
não faz mais efeito em mim
o prazer de recomeçar
paira sobre um clima sublime
que está pelo ar
assim...
O medo do fim
não faz mais efeito em mim
O prazer de recomeçar
paira sobre um clima sublime
que está pelo ar