terça-feira, 3 de junho de 2008

s2

"Foi chegando sorrateiro e antes que eu dissesse não Se instalou feito posseiro dentro do meu coração"
(Chico Buarque)
.
"...e ele chegou assim sem um porquê, sem um buquê....trazendo somente certezas na bagagem...e aconteceu...como na fábula...ela dormia há anos....encantada dentro de sua própria casca...e assim se protegia dela mesma, das outras pessoas e do mundo lá fora...e era fácil ficar ali vivendo dentro de seu próprio sonho...onde somente ela controlava os acontecimentos, as falas, os movimentos...mas ele chegou assim.....trazendo cheiros na bagagem......inundando a casa dela de perfumes....dos temperos nas panelas...do suor das pernas entre os lençóis....era ela...a bela adormecida.....finalmente amanhecia...entre os cheiros de azeite e sexo...deixando de ser fada pra ser mulher...deixando as páginas dos livros pra entrar pra vida real...e como era bom não saber dos movimentos, das falas, dos acontecimentos....como era bom não prever o beijo, o final feliz...apenas viver... sem pensar, sem calcular, sem planejar...e ver chegar alguém assim sem porquê e sem buquê...e deixar entrar... pela porta da frente... "
.
Maira Viana